A Revista do IHGMC

Vitrine Literária / 20/02/2018 - 18h14

O Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros foi criado em 17 de dezembro de 2006. Desde a sua criação que o Conselho Editorial da Revista vem lançando, a cada seis meses, um número de sua Revista. Já são 19 volumes publicados e preparando para o fechamento do volume 20. 

Na verdade, são mais de três mil páginas, com publicações diversas de seus associados, sempre atendendo o que pede o Estatuto da entidade: o resgate da história antiga da cidade. É um trabalho árduo, porém gratificante. É a realização do maior e mais persistente ideal dos associados: o de servir a comunidade de Montes Claros e região com um veículo de comunicação com alta credibilidade no seio social.

A Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros tem a qualidade impecável da Editora Gráfica Millennium. Cada edição da Revista é a prova de que atingimos o objetivo adrede proposto, não medindo sacrifícios para trazer aos nossos leitores a verdadeira história sobre o passado de Montes Claros e de seu povo. 

Montes Claros – Cidade da Arte e da Cultura – como se tem dito, certamente merece mais atenção de seus filhos para a preservação de sua história. A cada volume lançado, pode-se dizer que são mais de 150 páginas de saudosas lembranças e doces reminiscências, tudo com muito amor e especial carinho de um tempo que não volta mais. Por tudo isso, o registro escrito, é, sem dúvida, o único caminho que existe para a valorização de nossa memória.

O IHGMC cresce e com ele cresce a responsabilidade de seus associados em representá-lo com dignidade e respeito. Em vista disso, podemos dizer que o trabalho realizado, principalmente na concepção de sua Revista, é uma das mais autênticas formas de doação ao bem público, na restauração e na conservação do patrimônio existente. 

A brilhante administração do coronel Lázaro Francisco Sena serve agora como ponto de apoio para os próximos administradores da entidade, tanto na forma de conduzir os trabalhos como, também, na maneira de liderar os grupos mais divergentes, adotando sempre a harmonia como princípios gerais da teoria civilizatória na comunhão dos bens comuns. 

Hoje, a sede própria do IHGMC, instalada no sobrado “Dulce Sarmento”, abriga a consciência moral e intelectual de nossa cidade. Na relação dos patronos das Cadeiras do IHGMC - uma centena de nomes - estão aqueles com mais expressividade na política social e administrativa de um tempo remoto. 

Por outro lado, os ocupantes dessas cadeiras são pessoas qualificadas para representá-las com dignidade e responsabilidade. 

Assim, a continuidade da Revista do IHGMC é a única forma viável de preservar as tradições e os costumes do nosso povo.

Publicidade
Publicidade
Comentários