Política no Samu

Preto no Branco / 08/11/2017 - 01h25

Infelizmente, e não segredo para ninguém, o Cisrun Macro Norte (Samu Regional) que deveria ser uma entidade eminentemente técnica, nos últimos anos, tem sido denunciado e acusado de ser usado para abrigar interesses políticos. Agora mesmo o médico Daniel Ramos, então diretor Operacional do Samu, uma das pessoas mais queridas pelos funcionários, acaba de ser demitido sem qualquer explicação. Ele próprio postou nas redes sociais que teria sido dispensado por questões política.

 
Caso de polícia
Apesar de não ter sido divulgado pela imprensa, nesta semana, o tenente-coronel Edson Cruz, que vinha respondendo pela chefia do Estado-Maior da 11ª RPM, foi transferido para a cidade de Sete Lagoas. Os motivos da decisão foram apresentados pelo alto-comando, mas não divulgados. O certo é que este jornalista teve acesso às informações. Em relação à indicação de um novo oficial para o setor, o comandante da 11ª RPM, coronel Klevson, informou à coluna que, por enquanto, o cargo ficará vago. 
 
Puxão de orelha
Como a engrenagem da máquina administrativa em Montes Claros ainda não começou a funcionar de acordo com que pensa a atual administração, ontem pela manhã, o prefeito Humberto Souto, reuniu no auditório da Sociedade Rural (Parque de Exposições), todos os ocupantes de cargos de confiança para “ler a cartilha” que deve ser colocada em prática de agora em diante. 
 
Só em 2018
Apesar de ter sido publicado nesta segunda-feira (10), o edital de abertura do processo seletivo simplificado para o cargo de agente de saúde, a contratação somente começará a valer a partir de janeiro do próximo ano. Vale lembrar que o programa Saúde da Família está paralisado porque falta mais de 200 agentes.
 
Saúde para saúde
Como era a expectativa da população, o SUS-Facil já voltou para a coordenação do município de Montes Claros. A secretária de Saúde, Dulce Pimenta, já preparou para os meses de novembro e dezembro a publicação de edital de chamamento para contração do serviço dos hospitais, via prefeitura. Vale dizer que todos os contratos do atendimento de média e alta complexidade voltam para o controle do município. Com isso, haverá aumento de mais de R$ 200 milhões no orçamento da saúde.
 
Mudança no Bombeiros
No final deste mês, ou início de dezembro, o coronel Primo Lara, comandante do 4º Comando Operacional de Bombeiros, com sede em Montes Claros, vai entrar de férias e quando retornar já entrará no quadro da reserva (se aposentar). Diante do fato, a expectativa é que o Governo do Estado, o Comando-Geral do CBMMG e lideranças políticas ligadas a Pimentel nomeiem para o cargo alguém que tenha afinidade e conheça nossa região. Se os diversos segmentos da sociedade forem ouvidos, não temos dúvidas de que o Tenente-coronel Gouveia, que a partir de 27 de dezembro, deve chegar ao posto de coronel, seja o indicado.

Publicidade
Publicidade
Comentários