Polícia Militar

Preto no Branco / 09/05/2018 - 05h45

Até o fechamento da coluna, o comando-geral da Polícia Militar em Minas ainda não havia indicado o novo comandante da 11ª RPM com sede em Montes Claros. Vale lembrar que o então responsável, coronel Klevson, deixou o cargo há duas semanas. A este respeito o coronel reformado Nivaldo Ferreira Neto, delegado dirigente da AOPMBM, teme que haja quebra de designação de filhos da terra ou vinculados à região, como vinha ocorrendo deste a época do coronel Franklin. Além do coronel Osvaldo Marques, estão em condições de ser promovidos para ocupar o cargo os tenentes-coronéis Ederson, Adriano ou Rômulo. Alerta que a classe política e as entidades de classe têm assistido a tudo calados sem perceber o que representa para o Norte de Minas. Lembrou que a situação do Bombeiro Militar na região é a mesma.

Impasse
Na disputa pelo Governo de Minas, o fato de o PSD em Minas se achar no direito de indicar o vice na chapa do senador Antonio Anastasia sem consultar os demais aliados vem provocando insatisfação no grupo. O entendimento é de que a agremiação já está contemplada, uma vez que Anastasia, sendo eleito governador, abre a vaga no Senado para Alexandre Silveira (PSD). Isto sem contar que o segundo suplente, Lael Varella, também é do partido.
 
Tambasa
Utilizando política totalmente diferente de outras empresas, o Grupo Tambasa abriu as portas de sua loja em Montes Claros na última segunda-feira sem uma chamada para a inauguração oficial. Poucas pessoas da cidade tomaram conhecimento de seu funcionamento. Vale lembrar que a loja conta com mais de 20 itens e fica na Dulce Sarmento, ao lado do Villefort.
 
Pré-lançamento
O vereador por Montes Claros Daniel Dias (PC do B) continua mantendo vivo o projeto de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Minas. No último sábado, realizou em espaço de festa da cidade, na região do bairro Sumaré, o pré-lançamento de sua candidatura. Conseguiu reunir cerca de 200 pessoas.
 
Encontro com ministro
No início da tarde de ontem, prefeitos do Norte de Minas, acompanhados do presidente da Amams, Marcelo Félix, reuniram-se em Brasília com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi (PP), para discutir a grave crise por que passa a saúde no Norte de Minas. O encontro contou com as presenças do deputado estadual Gil Pereira (PP) e da deputada federal Raquel Muniz (PSD). Entre os prefeitos presentes, Isailton (Janaúba), Marcela (Pirapora), Marisa (Bocaiuva), Raul (Lagoa dos Patos), entre outros.
 
Crítica ao governo
Na solenidade de transmissão de cargo, realizada na última segunda-feira, na Amams, a maioria dos discursos foi dirigida ao governador de Minas, Fernando Pimentel. Quem puxou a fila das críticas foi o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, que frisou que a crise enfrentada pelas prefeituras tornou-se mais grave com a retenção de recursos de setores da educação, transporte escolar, saúde, ICMS e IPVA por parte do Governo do Estado.

Publicidade
Publicidade
Comentários