Encontro prefeitos

Preto no Branco / 26/05/2018 - 06h41

A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) começa, a partir de junho, a realizar reuniões itinerantes por todo o Norte de Minas. Serão duas reuniões mensais, divididas em microrregiões. Os debates serão em torno da situação dos municípios, perspectivas, presença dos governos na região e as eleições deste ano. Serão convidados prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias. A primeira reunião está marcada para o próximo dia 4, às 9 horas, na Câmara Municipal de Bocaiuva.

Apenas ‘cacifando’
Como em política o que vale é o hoje, o amanhã é incerto, estamos assistindo a todo momento a imprensa da capital mineira anunciar novas composições na disputa majoritária. Agora, estão divulgando chapa com o presidente da Assembleia, Adalclever Lopes (MDB), para governador com vice indicado pelo prefeito de BH, Alexandre Kalil (PHS), e para o Senado Antônio Andrade (MDB) e Marcio Lacerda (PSB), que poderia indicar outro nome. Mesmo não tendo bola de cristal é fácil afirmar que estes estão apenas ‘cacifando’ para negociar bem nas convenções.
 
PSB esvaziado
Nas discussões em torno de alianças na disputa pelo Governo de Minas, é fácil perceber que o PSB se limitou ao nome do ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda, que ficou enfraquecido após não conseguir partidos aliados para viabilizar sua candidatura à chefia do Executivo mineiro. No interior do estado, a situação é ainda pior. No Norte de Minas, por exemplo, o partido carece de lideranças e não tem nomes no seu quadro capaz de ‘puxar voto’. Quem poderia mobilizar o eleitor em torno da sigla seria o ex-prefeito e ex-deputado Ruy Muniz, que não teve espaço garantido dentro da agremiação.
 
Tribunal de Justiça
Não é por acaso que costumamos dizer que o nosso estado está dividido entre Minas e as Gerais. Os benefícios só chegam ao Norte de Minas se as outras regiões já tiverem sido atendidas. O Tribunal de Justiça está anunciando que gastará R$ 190 milhões para construir fóruns em 12 cidades do interior, sendo que não consta na relação nenhum município de nossa região.
 
DEM/Solidariedade
Comentei diversas vezes neste espaço que o quadro político em Minas não tem lugar para tantos candidatos que acreditam na possibilidade de chegarem ao segundo turno. Além das chapas de Pimentel e Anastasia, estão sendo divulgada a encabeçada por Adalclever com apoio do PHS e do PSB e a de Rodrigo Pacheco (DEM) e Dinis Pinheiro (SD). O fato é que divulgamos tais notícias com a única intenção de deixar o leitor informado das conversas e articulações políticas que acontecem em BH. O certo é que hoje as únicas candidaturas concretizadas são de Pimentel (PT) e Anastasia (PSDB).
 
Postos de gasolina
Infelizmente é fácil chegar à conclusão de que em nosso país poucas são as pessoas capazes de passarem pela ‘peneira da honestidade’. Donos de postos de gasolina aproveitaram o movimento grevista dos caminhoneiros para extorquir o cidadão. Majorar o preço do combustível acima do praticável é sim um roubo institucionalizado e mostra o caráter destes empresários.

Publicidade
Publicidade
Comentários