Vergonha

Plenarinho / 11/01/2018 - 06h10

A burocracia do serviço público emperra as gestões e o principal: deixa os homens insensíveis. Agora mesmo nos chega a denúncia de que, em Janaúba, a prefeitura não repassa os recursos para as vítimas da tragédia da Creche Gente Inocente. De acordo com Júlio César, chefe de gabinete da Prefeitura de Janaúba, os valores serão pagos no final do próximo mês, pois estão aguardando o retorno dos trabalhos na Câmara Municipal para aprovação do projeto de lei que autoriza os pagamentos das indenizações. O valor será dividido em 12 parcelas. No acordo, estava previsto que o pagamento seria no último dia útil de cada mês, porém como o juiz não homologou em tempo hábil, não foi possível. A previsão é que se inicie os pagamentos no final de fevereiro. Uma coisa!

Trevo da Real
Existem controvérsias em relação ao Trevo da Real, que foi inaugurado na semana que passou pela Prefeitura de Montes Claros. Os comerciantes continuam criticando a obra que lhes tirou uma grande fatia das vendas, enquanto que alguns motoristas elogiam. Na verdade, todo o processo de elaboração de projetos e execução dos mesmo colaboraram para todo o desgaste.
 
Ajuda
É preciso registrar que o Conselho Municipal do Idoso e a Associação Presente trabalham muito bem em alguns espaços da cidade. Agora mesmo conseguiram a captação de R$ 232 mil reais, sendo que R$ 226 mil foram para Associação e R$ 6 mil para os idosos. A lei permite a doação, a ajuda é importante e tem dedução no Imposto de Renda. No ano passado, o Conselho do Idoso abriu uma campanha com a panfletagem nas empresas e juntos aos contadores, apontando que as pessoas físicas podem doar até 6% do imposto de renda, enquanto as empresas podem doar até 1%.
 
Incoerência
Anúncio do setor da licitação da Prefeitura de Montes Claros que reclama do empresariado da cidade não participa das licitações da merenda escolar, com medo de não receber, surpreende. Com início para o próximo dia 12, o processo que é milionário, R$ 13 milhões, não tem interessado ao setor. O coordenador financeiro da Secretaria Municipal de Educação, Valdoir Lázaro, lamenta essa situação, pois afirma que isso provoca a evasão dos recursos, que deixam de ficar no comércio local. Ele garante que o prefeito Humberto Souto e o secretário municipal de Educação, Benedito Said, fixaram como norma pagar essas despesas com no máximo 30 dias após a emissão da nota fiscal. A média tem sido de 15 dias. Estranho.. 
 
Jogo dos famosos
A disputa pela presidência da República ganha contornos de jogo das estrelas. Primeiro foi Silvio Santos, depois Luciano Huck, veio Datena, e agora é a apresentadora Valéria Monteiro, ex- globo que lançou o seu nome e com muitas críticas a alguns presidenciáveis. Valéria apresentadora que passou por programas como “Jornal Nacional” e “Fantástico” e se autoproclama pré-candidata, publicou um vídeo em suas redes sociais em que faz duras críticas ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Ninguém merece!

Publicidade
Publicidade
Comentários