União da bancada

Plenarinho / 06/04/2018 - 06h00

Por isto, eu sempre digo: é muito importante eleger deputados compromissados com a região. Agora mesmo, no processo da derrubada dos vetos presidenciais à Lei 13.606/2018 pelo plenário do Congresso Nacional, a Sociedade Rural, o Sindicato dos Produtores Rurais de Montes Claros e a Associação dos Municípios Mineiros da Área Mineira da Sudene (Amams) enxergam uma nova realidade para os agropecuaristas. A medida facilitará a renegociação e quitação de dívidas rurais e do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural). Agora, com o restabelecimento do artigo 3º da Lei 13.340, a possibilidade de o produtor rural voltar a renegociar seus débitos com o Banco do Brasil, onde tem muitos contratos, no Norte de Minas, é muito grande.

União da bancada II
Um dos pontos positivos foi a luta das deputadas Raquel Muniz, Tereza Cristina e ainda de Zé Silva, todos da Frente Parlamentar da Agricultura, que atuaram incansavelmente junto aos colegas para que a votação fosse urgente, beneficiando toda a classe rural, já que a seca que ao longo dos anos assola a região provocou prejuízos imensuráveis e a renegociação estava sendo dificultada pelos agentes financeiros. Por isso, é sempre bom lembrar. Votar em candidatos da região é uma boa solução.
 
Senado
O professor Ruy Muniz, ex-deputado e ex-prefeito de Montes Claros, vai sair mesmo candidato ao Senado Federal e com apoio total da região, onde pode sair com mais de 1 milhão de votos. Ele deve se filiar ao PMB e com ele diversos partidos de pequeno porte, mas com direito ao tempo de TV. Otimista, ele aparece bem em pesquisa encomendada para consumo interno. Até sábado, ele dará entrevista à imprensa sobre o assunto.
 
Julgamento
Parecia final de Copa do Mundo. Em pleno centro da cidade, dezenas de pessoas se acotovelavam em frente aos televisores das lojas para acompanhar de perto o julgamento do Habeas Corpus impetrado pelos advogados do ex- presidente Lula. Os comentários contrários e a favor eram inevitáveis, provocando assim uma sensação que somente o futebol transmite. Como o julgamento ultrapassou o horário de expediente comercial, era comum as pessoas saírem para chegar em casa em tempo de assistir o desfecho. Coisa da política.

Publicidade
Publicidade
Comentários