Encheu

Plenarinho / 13/03/2018 - 06h18

Poderia ser apenas uma rotineira solenidade que acontece todos os anos no lançamento da tradicional Festa do Pequi. Não foi. O Centro Cultural recebeu em suas dependências dezenas de autoridades, e dentre elas, deputados federais e estaduais de outras regiões que vieram atrás dos votos. O mais interessante é que estavam sendo recebidos por “líderes” da cidade, que começam a oferecer “trabalho” para quem der mais. Uma pena.

Fenics
A Fenics será lançada como uma das marcas mais importantes da Associação Comercial de Montes Claros. O presidente Newton Figueiredo está otimista com os números deste ano, já que a feira é mesmo em nível nacional e atrai empresários de toda a região. Cada vez mais tecnológica e comercial, ele afirma que este ano muitas novidades serão apresentadas.
 
Temer
Podem anotar, o presidente Michel Temer, ao iniciar, uma melhor performance na popularidade começa a se motivar para uma possível candidatura. No final de semana em entrevista ao jornal chileno “La Tercera”, Michel Temer evitou mais uma vez responder se vai ou não disputar a eleição para presidente da República neste ano. Em vez disso, afirmou que é “candidato a entregar um país melhor a meu sucessor”. Disse também que “já foram esclarecidas as especulações” em torno da alegação de que a intervenção federal no Rio de Janeiro foi lançada com objetivos políticos. A entrevista foi publicada no sábado. 
 
Bolsonaro
Entusiastas do presidenciável Jair Bolsonaro começam a comemorar, em Montes Claros, a sua futura passagem para pedir votos. Levy Castilho e Paulo Lopes estão encarregados em mobilizar as lideranças e acreditam que vai ter casa cheia para mostrar força regional. Aliás, os dois, Castilho e Lopes, disputam a preferência do diretório estadual para saber quem será mesmo o protagonista da campanha na região.
 
PPS
Com direito a delegação de Montes Claros, o PPS realizou um encontro na capital mineira, que contou com a presença de diversos líderes. Durante a solenidade, o pré-candidato ao governo estadual ou Senado Dinis Pinheiro fez um pronunciamento cheio de energia, mas não entusiasmou muito o prefeito Humberto Souto, que na mesa principal não bateu palmas para o mesmo ao encerramento da fala. Por outro lado, Claudim mostrava que tem interesse em disputar uma cadeira na Assembleia

Publicidade
Publicidade
Comentários