Dani Morais

Plenarinho / 14/11/2017 - 01h30

Natural de Pedra Azul e com formação em artes na Unimontes, a cantora Dani Morais com participação em programas de nível nacional como Ídolos e The Voice, aos poucos vai mostrando talento e se tornando membro do grupo considerado Top de Linha da MPB. Com nova música “Onde é que eu assino” ela já dispara como grande sucesso da temporada e com méritos. Dani sem dúvida merece o lugar que começa a ocupar no cenário artístico.

 
Polêmica
O ex- vereador por Belo Horizonte e ex-deputado federal, Virgílio Guimarães pretende retornar à política no ano que vem. Aqui na região ele volta a pedir votos através das mãos do deputado Paulo Guedes, que foi lançado por ele. Afastado da política desde 2010, ele será candidato a deputado estadual nas eleições do ano que vem. Duas fontes do partido confirmaram as pretensões de candidatura do ex-parlamentar. Filho de Virgílio, o deputado federal Gabriel Guimarães (PT) teria desistido de sua candidatura à reeleição em 2018. 
 
Leninha
Grupo ligado à professora Leninha (PT) não conforma com a opção de Paulo Guedes e se prepara para combater a entrada de Virgilio. Reuniões já estão sendo realizadas e também encontros sociais. No sábado, por exemplo, houve feijoada no Centro de Alternativa na Praça da Matriz. Mas lá, o assunto predominante foi a candidatura dela, Leninha, que obteve quase 40 mil votos como candidata à prefeitura.
 
Dra Ariadna
Com mais de 30 mil votos no último pleito, a jovem médica Dra. Ariadna Borges tem sido colocada em pesquisas como futura parlamentar na ALMG. Carismática, profissional de linha de frente, ela prefere um trabalho consolidado com bases fortíssimas em todo o Estado. Diretora do Hospital Hilton Rocha, a mesma se encontra nos Estados Unidos em viagem de pesquisa. Ao retornar promete colocar o bloco na rua.
 
Quem entende?
O secretário de Educação de Montes Claros e radialista, Benedito Said precisa se explicar para os jovens que estudavam no Pré-Vestibular Municipal Gratuito criado na gestão de Jairo Ataide e que tinha performance positiva. Através do programa, muitos alunos conseguiram entrar no curso superior. Ao que parece o programa foi extinto, acabando com o sonho de muitos jovens. O curso atendia em média 1.200 alunos. Qual foi a razão da mudança?
 
Taxa de lixo
O prefeito Humberto Souto não vai acabar com a taxa de lixo se não houver uma outra forma de arrecadação. É o comentário que circula nos bastidores da prefeitura. Os vereadores Marcos Nem e Ildeu Maia vão entrar amanhã com projeto propositivo e certamente terá o apoio de quase todos na Casa. Os dois parlamentares, os mais antigos da Câmara, vão abrir um debate que promete bons capítulos.

Publicidade
Publicidade
Comentários