Estatuto do Natal

Magnus Medeiros / 22/12/2017 - 00h04

Art.I: Que a estrela que guiou os Reis Magos para o caminho Belém guie-nos também nos caminhos difíceis da vida.

Art.II: Que o Natal não seja somente um dia, mas 365 dias.

Art.III: Que o Natal seja um nascer de esperança, de fé e de fraternidade. Parágrafo único: Fica decretado que o Natal não é comercial e sim, espiritual.

Art.IV: Que os homens, ao falarem em crise, lembrem-se de uma manjedoura e uma estrela, que como bússola, aponte para o Norte da salvação.

Art. V: Que no Natal, os homens façam como as crianças. Dêem-se as mãos e tentem promover a paz.

Art. VI: Que haja menos desânimos, desconfianças, desamores, tristezas. E mais confiança no Menino Jesus. Parágrafo Único: Fica decretado que o nascimento do Deus Menino é para todos: pobres e ricos, negros e brancos.

Art.VII: Que os homens não sigam a corrida consumista do “ter”, mas voltem-se para o “ser”, louvando o Seu Criador.

Art.VIII: Que os canhões silenciem, que as bombas fiquem eternamente guardados nos arsenais, que se ouça os anjos cantarem Glória a Deus no mais alto dos céus. Parágrafo Único: Fica decretado que o Menino de Belém deve ser reconhecido por todos os homens como Filho de Deus, irmão de todos!

Art.IX Que o Natal não seja somente momento de festas, presentes.

Art. X: Que o Natal dê a todos um coração puro, livre, alegre, cheio de fé e de amor.

Art. XI: Que o Natal seja um corte no egoísmo. Que os homens de boa vontade comecem a compartilhar cada um no seu nível, em seu lugar, os bens e conquistas da civilização e cultura da humildade.

Art.XII: Que a manjedoura seja a convergência de todas as coordenadas das idéias, das invenções, das ações e esperanças dos homens para a concretização da paz universal. Parágrafo Único: Fica decretado que todos devem poder dizer ao se darem as mãos: FELIZ NATAL!

FIGURA E FATOS

22ª edição da Festa da Imprensa
Wandinha Gonçalves e Aldeci Xavier brindaram a imprensa norte-mineira com mais um encontro dos mais prestigiados e animados no último final de semana, tendo como palco o Clube dos Fazendeiros. Profissionais da imprensa e familiares, parceiros e políticos se uniram em torno de uma saudável confraternização animada por música ao vivo de qualidade, cardápio farto intercalado por bebidas, sucos e refrigerantes e muita alegria espalhada pelo ar. Um detalhe elogiado: a presença de três grandes mulheres na lista de homenageadas. Foram elas: Rosângela Silveira, Wandinha Gonçalves e Selma Dias. Nossos cumprimentos aos promotores do tradicional evento e pela perfeita organização do mesmo. Nota dez.
 
Réveillon Sabor Mineiro
Nossos amigos Pablo e Juliana Rios em estado de euforia total. Também pudera! Faltando mais de uma semana para as festas de passagem de ano, os convites e mesas para o Réveillon do Sabor Mineiro que acontecerá no espaço de propriedade dos empresários (Pompéia Eventos-Ria Inhô Machado, 51-Santa Rita) estão totalmente esgotados e com uma fila enorme à espera de possíveis desistências. A noitada promete ser uma das mais animadas da cidade.

Publicidade
Publicidade
Comentários