Baile da Felicidade

Magnus Medeiros / 25/04/2018 - 00h15

Com cerca de 400 pessoas na bela Chácara Bugarin, o Rotary Club Montes Claros Leste comemorou as suas bodas de prata com a realização da 21ª edição do Baile da Felicidade. O clube, que ao longo da sua existência realiza obras assistenciais de grande importância, brilhou intensamente na perfeita organização de todos os detalhes. A começar pela recepção aos convidados, atrações, bufê, decoração, banda e perfeito entrosamento dos presentes. Uma das grandes atrações da promoção, o Leilão de Artes com obras doadas por 17 dos mais renomados artistas plásticos da cidade, conseguiu, em menos de uma hora, arrecadar mais de R$ 33 mil em lances. Para celebrar a data foi realizado um flash móbile (ensaiado pelo talentoso coreógrafo Paulo Di Tarso) pelos sócios do clube e integrantes do Interact e Rotaract. As mulheres em longos da cor prata e os homens com gravatas da mesma cor encenaram uma pequena coreografia em agradecimento aos 25 anos de companheirismo. A música escolhida foi Aleluia, interpretada por Kennedy Morais, num momento de grande emoção. Em seguida, o tradicional parabéns pra você ao redor de artístico bolo confeccionado por Lúcia Tupinambá de Moro. Som, luz cênica, telão em LED, televisores e estruturas para a galeria de arte ficaram a cargo de André Asa. O perfeito cerimonial foi de Naide Almeida que, como sempre, recebeu rasgados elogios de todos os presentes. A Banda Conexão WR animou a pista até o amanhecer. A Hinode também se fez presente, retocando a maquiagem dos convidados. Finalizando: um destaque especial para o bufê Bacco, de Jussara Pádua, pelos deliciosos pratos e eficiência da sua equipe de garçons.

Reflexão
“Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz que com ela não seja nem curta nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”. (Cora Coralina)

Etiqueta
Comentar assuntos pelas redes sociais é, além de indiscreto e feio, um perigo total. Fica tudo ali, documentado, e pode até servir de prova num tribunal. Antigamente, quando alguma pessoa famosa morria, sempre existia um espertinho pronto para publicar as “cartas secretas” dessa pessoa. Já pensou se alguém resolve publicar o seu WhatsApp secreto?

Aprendendo
Ter um texto consistente é... Seguir a dica de George Simenon: “Corto adjetivos, advérbios e todo tipo de palavra que está lá só para fazer efeito”. Quer exemplo? (Geralmente) procuro fazer meu (importante e indispensável) trabalho com o (indispensável) auxílio de (dedicados e competentes) funcionários da empresa.

FIGURAS E FATOS

Troféu Bola Cheia
Denarte D´Ávila, o grande incentivador do esporte regional, marcou mais um tento ao realizar a 16ª edição do Troféu Bola Cheia Marcelino Paz do Nascimento, homenageando 92 personalidades e atletas do Norte de Minas. Tudo aconteceu no salão de festas do Automóvel Clube de Montes Claros, totalmente lotado. Os prêmios foram entregues por Álvaro Damião (Rádio Itatiaia), Marques (ex-craque do Atlético Mineiro) Valdir, Todinho (ex-craques do Atlético e Cruzeiro) e Carina Pereira ( apresentadora do Globo Esporte Minas). 

Redes sociais: alerta 
Excesso de informações por redes sociais durante a fase de amadurecimento agrava transtornos como bipolaridade e síndrome de pânico em jovens. Atenção dos pais aos sinais é essencial.
 
Medalha da Inconfidência
O querido e inteligente padre Alvimar Souza foi um dos agraciados com a Medalha da Inconfidência no último dia 21, em Ouro Preto. Uma homenagem das mais merecidas. Nossos cumprimentos.

Importante artigo na revista “The Lancet”
Um artigo publicado na revista científica “The Lancet” concluiu que a ingestão de bebidas alcoólicas não deve ultrapassar cinco taças de vinho ou sete latas de cerveja tipo pilsen por semana. De acordo com o estudo, quem bebe entre 100 g e 200 g corre o risco de morrer seis meses antes do que se esperaria. O índice se agrava à medida que o consumo de álcool aumenta. Entre as pessoas que bebem mais de 350 g por semana, a redução da expectativa de vida chega a cinco anos. A quantidade de álcool em cada dose varia de acordo com a bebida. Uma cerveja tradicional tem, por exemplo, em média, 5% de álcool; o vinho, em torno de 13%; e o uísque, por volta dos 40%. Todo cuidado é pouco!
 
Arquitetura e urbanismo
Pela 13ª vez, a Faculdade Santo Agostinho abriu as portas para realização da Semana de Arquitetura e Urbanismo de 2018. O importante evento reuniu acadêmicos da faculdade e de outras instituições de ensino, profissionais e comerciantes ligados à construção civil, discutindo temas de vital importância para a classe. À frente da comissão organizadora, as competentes professoras Cláudia Alkmin e Liliane Maciel.

Vidas Secas: 80 anos 
“Por que haveriam de ser sempre desgraçados, fugindo no mato como bichos? Com certeza existiam no mundo coisas extraordinárias. Podiam viver escondidos, como bichos? Fabiano respondeu que não podiam.” (trecho de Vidas Secas). O romance de Graciliano Ramos completa 80 anos, segue atual e ganha uma nova versão que deverá sair no segundo semestre. Em nossa cidade, quando o assunto é Graciliano Ramos, a expert no assunto tem endereço certo: Ivana Rebelo.
 
Atividade física: a bola da vez
Um remédio que melhora a glicose, combate o estresse, diminui o risco de doença cardiovascular, faz a pessoa emagrecer e reduz a probabilidade de ter 16 tipos de câncer, como de cólon e de pulmão, entre tantos outros benefícios. Assim foi definido o exercício físico pelos médicos em recente encontro sobre o tema, no Rio de Janeiro. No final, os palestrantes destacaram: a atividade física é capaz de evitar e tratar mais doenças do que qualquer medicamento comprado m farmácias. É isto!
 
Terminando 
“Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos”. (Antoine de Saint-Exupéry

Publicidade
Publicidade
Comentários