Vergonha: cambalacho de Souto e Claudinho não ficou escondido

JJ em Dose Dupla / 26/12/2017 - 06h19

Recentemente a coluna denunciou as mazelas da administração que se intitula a mais honesta. Administração esta que vergonhosamente omitiu situação cabeluda de um servidor que passava por inquérito administrativo e não foi, neste período, afastado do cargo pelo secretário da Seplag, Claudinho, como manda a lei. Agora, o mesmo servidor envolvido neste rolo, ou seja, Fábio Edvan Quadros, é o protagonista de outro cambalacho do “honestinho” Souto e de Claudinho. Após 90 dias do pedido de afastamento do servidor publicado no Diário Oficial, o prefeito Souto publicou no mesmo Diário, do dia 14 de dezembro último, o afastamento do servidor Fábio Edvan das suas funções. Mas para surpresa de todos o funcionário acusado por desvio de conduta, que por sinal tem precedentes, recebeu uma gratificação de 100% sobre o seu salário. É a farra do “honestinho” que posa de honesto na tela do plim plim, mas se atrela ao seu escudeiro Claudinho contemplando figuras que agiram com atitude suspeita. Até quando continuarão o desrespeito e o desmando do secretário Claudinho que manda no terceiro andar? Acorda prefeito! Sua máscara caiu e o seu cambalacho está exposto no Diário Oficial do município.

AS QUENTES DA POLÍTICA

Tiro no pé
Em completo desequilíbrio, o pior gestor da história de Montes Claros, Humberto Souto, criticou ex-vigilantes, taxando-os de desonestos. O balanço dos arrombamentos nas escolas é dos mais negativos.

Mico do ano
Mas o mico do ano foi quando o jornalista Délio Pinheiro o perguntou: “Qual será sua principal obra”? E Souto fuzilou: “Minha principal obra será acabar com a corrupção nesta terra de corruptos”. Com esta, ele foi fritado nas redes sociais.

Desonestidade
Em ação de completa desonestidade, o “honestinho” declarou, à emissora do plim plim, que não pagará o restante dos ex-servidores demitidos em dezembro de 2016, praticamente dando por encerrado o assunto. Isto é um crime, pagar uns e outros não. E pensar que este homem que foi líder do corrupto Collor no Congresso também já presidiu o Tribunal de Contas. É a desonestidade solta?

Desequilíbrio solto
Repercute negativamente em todas as rodas da política da terrinha de JJ a entrevista do prefeito Souto ao MGTV primeira edição, na semana que passou. 

EM SOCIEDADE TUDO SE SABE

Cobertura na Tempo
Nossos agradecimentos à Patrícia Silva, que num gesto de amizade e reconhecimento destacou com duas páginas especiais a nossa promoção Destaques Lazinho Pimenta.

Revista Tempo
Já está nas bancas a edição de dezembro da revista Tempo. Patrícia Silva marcou um gol de placa trazendo na capa o saudoso padre Henrique, falecido em outubro último.

Revista repercute
Nota 10 para o profissionalismo da revista Tempo, que enviou à Espanha a consagrada jornalista Andreia Pereira. Ela entrevistou familiares do padre que renunciou à riqueza para viver uma vida de sacrifícios no Brasil, tornando-se símbolo maior da caridade em Montes Claros. 

Prêmio Projeção
Após o Réveillon, vocês começam a conferir o sucesso da nossa vitoriosa promoção Prêmio Projeção, realizada no último dia 22 de dezembro, no requintado Casa Blanca Lagoa Eventos. A super noite agitou o melhor salão de festas do circuito da lagoa.

Publicidade
Publicidade
Comentários