Teimosia e injustiça

JJ em Dose Dupla / 11/05/2018 - 00h18

A imprensa montes-clarense, agora de maneira geral, começa a chamar Souto de teimoso. Na questão do salário dos servidores demitidos em janeiro de 2017, permanecem os absurdos e picuinhas políticas por parte do prefeito. Todavia, vários secretários de Souto não engrossam o coro nesta questão, vez que há uma quantia gorda de dinheiro em caixa. Pagar alguns e outros não é sinônimo de perseguição e injustiça por parte daquele que anunciou que faria uma administração diferenciada. Nesta caminhada de luta, vários ex servidores faleceram, outros adoeceram, quantos entristeceram no caminho diante da teimosia do prefeito.

Assessoria ruim
Um dos grandes fatores que prejudicaram o atual presidente da Câmara Municipal de Montes Claros, Cláudio Prates, foi a sua assessoria. Parte dela não contribuiu para que ele lograsse um êxito maior como presidente da Câmara, não se pode culpá-lo por isto. Mas a sua inércia nesta questão assusta.
 
Em cima do muro
Souto não dá o menor sinal de que apoiará algum candidato para o Governo de Minas Gerais na sucessão deste ano. Aliás, é assustador o desestímulo do mesmo com as eleições de 2018, sem fogo e animação política.
 
Arlen Santiago
O deputado Arlen Santiago trabalha arduamente em prol do Norte de Minas. Nesta eleição de 2018, tem tudo para aumentar sua votação na terrinha de JJ.
 
Nova data
Mudança estratégica da nossa aguardada promoção Oscar Mulher e os Melhores da Década. A cinematográfica noite agitará o circuito dia 1º de junho. Aguardem mais detalhes nas próximas.
 
Posse na Amams
O novo presidente da Amams, prefeito de Januária Marcelo Felix, assumiu a entidade após a boa gestão de José Reis, que deixou o cargo para disputar uma vaga para a Assembleia de Minas. Ele chegou entusiasmado, com garra e discurso afiado. Em boa hora anuncia que vai aproximar a entidade dos municípios, promovendo um maior entrosamento.
 
Luto
Nosso tributo de saudades a dois profissionais que construíram uma carreira de credibilidade e respeito na imprensa: Décio Gonçalves Queiroz, que durante vários anos comandou o extinto Diário de Montes Claros, e o jornalista montes-clarense Ronaldo Lenoir, irmão do querido profissional de beleza Chico Lenoir e que foi vitima de um terrível acidente nas estradas de Minas. Duas perdas lamentáveis para nossa guerreira imprensa. 

Publicidade
Publicidade
Comentários