Ex-prefeito bota pressão contra o calote de Souto

JJ em Dose Dupla / 04/01/2018 - 00h15

O ex-prefeito de Montes Claros Zé Vicente (PMDB) deverá reunir-se nos próximos dias com os ex-funcionários que levaram o calote do prefeito Souto nas rescisões e salários de dezembro de 2016, vergonhosamente até hoje não pagos pela atual administração. O movimento e a pressão agora serão grandes, principalmente em cima da Câmara Municipal. Os vereadores retornarão após o dia 20 e de cara terão este abacaxi para descascarem. O prefeito, que se diz honesto, se nega a pagar os trabalhadores há um ano, mesmo com milhões em caixa. Como se não bastasse, ainda chamou alguns de cabos eleitorais, ignorando a prestação de serviço ao município, e outros até de desonestos, como ocorreu com os vigilantes. Agora a cobra vai fumar, porque a denúncia sairá da Câmara diretamente para o Ministério Público. Uma das maiores provas da negativa de Souto, retaliando vários trabalhadores, foi a entrevista dele ao MGTV do fim de dezembro último.

AS QUENTES DA POLÍTICA

Buracos de Souto
Buracos ou crateras? É a pergunta que não quer calar na sofrida terrinha de JJ. Muitos montes-clarenses entrarão na justiça contra a prefé do “honestinho”. É honesto e justo pagar o IPTU e arrebentar com o seu veículo nas barrocas de Souto?

Buracos famosos
A buracolândia de Souto está nos quatro cantos da cidade. Quase na ponte do Melo há uma parte enorme onde cabe um carro dentro. E por aí vai: na rua Dona Tiburtina tem outro, no São José e no São João, milhares, no Edgar Pereira há tantos buracos que o bairro deveria mudar de nome. Perto do presídio, então, é uma festa. No Major Prates, Morada do Sol e Morada do Parque é uma vergonha. Sem contar a região central e o JK. Acorda, prefeito!

Cadê as obras?
Por falar nelas, será que neste ano o “honestinho” fará alguma? Ou continuará perdendo recursos com o cofre cheio e a cidade entregue ao caos?

Segurando dindin
Que Souto tem a fama de avarento todo mundo sabe. Mas seus secretários precisam dizer a ele que o dinheiro da prefé é do povo e para fazer obras. E não para ser guardado ou retido.

Comodismo
O jovem empresário Lucas Pereira, que possui um restaurante no Shopping Popular, vem chamando a atenção para o comodismo de alguns lojistas do shopping. Para ele, a falta de união e de uma associação necessária para abrir o diálogo com a Prevmoc prejudica o bom funcionamento do shopping. Para 2018, o jovem empreendedor espera que estas questões sejam resolvidas.

EM SOCIEDADE TUDO SE SABE

Pré Carnaval
O famoso Pré Carnaval de JJ, animado agito de clubes, reabrirá no final de janeiro as nossas promoções sociais do ano que se inicia. Aguardem nas próximas colunas várias novidades desta tradicional folia que antecede o Carnaval.

Prêmio Projeção
Na próxima semana, após o recesso do final e início de ano, vocês conferem em nossa coluna o sucesso grandioso do Prêmio Projeção, requintada promoção que fechou 2017 no Casa Blanca Lagoa com os talentosíssimos cantores Décio Barbosa e Meire Oliveira e a bela decoração de Cristelizia Martins, com flores de Vanilda Miranda. Além, é claro, da presença de grandes personalidades do poder político e empresarial.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários