Semifinais

Esportes Geraes / 09/02/2018 - 19h07

Neste sábado, tem rodada da Copa dos Campeões nos Jogos de volta das semifinais. Às 14h45, enfrentam-se Aparecida e Olaria, e na sequência, as equipes de Paysandu e Castelo jogam para definir os finalistas do torneio. A super final ocorre no dia 17 de fevereiro, às 16h no Estádio José Maria Melo. As partidas das semifinais serão no Estádio Rubens Durães Peres, o Campo da Liga, e a entrada é de graça. 

Oswaldo de Oliveira 
Não poderia dar outra coisa senão nisso: o Atlético se desfaz de Oswaldo de Oliveira em função do bate-boca que pegou mal na imprensa nacional e ficou feio entre ele e o jornalista Léo Gomide, da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte. A emissora, fundada em 1936 e que entre os anos 1970-1980 disputou a audiência esportiva com a extinta Rádio Guarani e com a sempre viva Rádio Itatiaia, tem como seu coordenador esportivo um nome respeitado no cenário da imprensa belo-horizontina: José Augusto Toscano. 
  
 Ossos do ofício
Jornalistas de todo o país entenderam que o “estouro” do Oliveira com o jornalista Léo Gomide foi apenas a gota d’água que faltava, pois é unanimidade na imprensa brasileira que o time atleticano só se classificou pelos critérios da Copa do Brasil, já que futebol que é bom não apresentou ao torcedor. Um jornalista enfatizar que o esquema tático não funcionou e questionar isso ao técnico é a coisa mais normal que ocorre nas coletivas pelo Brasil e no resto do mundo. Com mais de 40 anos prestados ao futebol nacional, Oswaldo de Oliveira poderia ter sido mais comedido, mesmo que de alguma forma tivesse sido mais severamente acusado. Tudo isso no âmbito profissional, é claro, uma vez que em momento algum, segundo os próprios companheiros do Gomide, houve ofensa ao treinador.

Publicidade
Publicidade
Comentários