Xbox One X

Redação Tech / 09/11/2017 - 00h15

O Xbox One X chegou às lojas norte-americanas e de parte do mundo nesta semana. De acordo com a Microsoft, trata-se de “o console mais poderoso já lançado”. No Brasil, será lançado apenas no final do ano, no dia 15 de dezembro, por R$ 4 mil – mesmo valor que foi cobrado no modelo padrão do PS4, quando o console da Sony foi lançado oficialmente por aqui, em 2013. Mesmo assim, já é possível adquirir o produto por meio da pré-venda. 
Nos Estados Unidos, o console da Microsoft sai por US$ 500 (R$ 1.600 na conversão direta). 
O Xbox One X não representa uma evolução como foi na transição do Xbox 360 para o Xbox One padrão. O aparelho é definido como se fosse da “mesma família” do console atual da Microsoft, similar ao que ocorre nos celulares, como iPhone 6S e iPhone 6S Plus, por exemplo. Porém, ele é um hardware muito mais poderoso e que se compromete a deixar jogos mais atraentes. Ele é 40% mais poderoso que qualquer outro aparelho e oferece gráficos em resolução 4K. 

Cuidado na Google Play
Uma versão falsa do WhatsApp para Android foi baixada mais de um milhão de vezes e só saiu do ar porque foi detectada pelo pesquisador de uma empresa de antivírus.
Primeiro, o aplicativo disponível tinha o nome de “Update WhatsApp” (Atualize o WhatsApp). Após algum tempo, o desenvolvedor mudou o nome para “Dual Whatsweb Update”. O mais interessante deste caso é que o criador da aplicação falsa conseguiu registrar o nome do desenvolvedor como WhatsApp Inc., que é a forma como os aplicativos do serviço são identificados oficialmente.
Ao que parece, o falso app do WhatsApp foi criado apenas para exibir propagandas. A versão oficial do WhatsApp não exibe publicidade. 

Conhece o Evapolar?
O Evapolar é um modelo de ar-condicionado portátil com promessa de baixo consumo de energia. Ao contrário de aparelhos comuns, o dispositivo funciona a base de água e precisa apenas de cabo USB como fonte de energia. Com cerca de 1 litro de água e 10 minutos de espera, é possível manter os arredores em baixa temperatura por até oito horas. De acordo com a fabricante, a temperatura pode chegar até 17 graus celsius.
É importante lembrar que o Evapolar foi desenvolvido para uso pessoal, então, não vai resolver o problema de grandes ambientes.
São duas versões: evaLIGHT, com preço de US$ 180 (cerca de R$ 590, sem impostos), e eva-SMART, vendida por US$ 256 (R$ 538), ambas com entrega no Brasil. O aparelho pode ser adquirido pelo site da fabricante. É preciso pagar também pela entrega. 

Publicidade
Publicidade
Comentários