Carnaval no DF

Direto de Brasília / 14/02/2018 - 18h37

Neste ano, o Distrito Federal retomou o carnaval com a força dos blocos de rua. Nos cinco dias de festa foram cerca de 2 milhões de foliões, de todas as idades, que se concentraram em vários pontos da capital federal. Para o bloco ‘Filhos de Zé’, fundado no ano passado, a folia se estendeu até a quarta-feira de cinzas, com um cortejo de afoxé-ijexá no Museu Nacional da República, no Eixo Monumental 

Cidade limpa
Apesar dos milhares de foliões que se espalharam pelas avenidas do DF durante o Carnaval, o Plano Piloto amanheceu limpinho, sem nenhum lixo nas ruas. Ao todo, 520 garis participaram da limpeza da cidade. Segundo o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), contando com a semana de pré-carnaval, foram recolhidas 117 toneladas de lixo, até a manhã desta quarta-feira de cinzas. A diretora do SLU, Kátia Campos, diz que a cada ano, mais blocos aderem à campanha da limpeza, com os foliões indo atrás dos garis para colocar os resíduos nos sacos e nos bags amarrados nos postes. 
 
Nem tudo são flores
Infelizmente, nem todo mundo sabe curtir e para alguns o Carnaval foi um pretexto para o vandalismo. Na volta para casa nesta quarta-feira os foliões que curtiram o Carnaval tiveram que dividir o espaço no metrô com vândalos que quebraram janelas de vidro, estouraram o extintor de incêndio e ficaram apertando o botão de emergência, o que fez com que o trem ficasse parando o tempo todo. As pessoas tiveram que embarcar em outros trens para seguir viagem. 
 
Campanha da fraternidade
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou ontem, em Brasília, a Campanha da Fraternidade deste ano, com o tema “Fraternidade e superação da violência”. A cerimônia foi realizada na sede da CNBB. Também nesta quarta, o cardeal Sergio da Rocha, Arcebispo Metropolitano de Brasília e presidente da CNBB, apresentou a campanha durante a celebração da missa na Catedral.
 
Prouni
O Ministério da Educação divulgou ontem o resultado do Programa Universidade para Todos (Prouni). Para ter a vaga garantida, os candidatos pré-aprovados devem comprovar os dados pessoais informados na inscrição entre os dias 15 e 23 de fevereiro. O programa oferece 242.987 bolsas de estudo em 2.976 instituições de ensino particulares. Dessas, 113.863 são integrais e 129.124, parciais. O resultado pode ser conferido no aplicativo do programa ou pelo site: http://siteprouni.mec.gov.br/

Publicidade
Publicidade
Comentários