De olho no Enem

Conversa Inteligente / 02/11/2017 - 00h45

A maioria dos candidatos que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já sabe que não pode fazer qualquer consulta ou receber e repassar informações sobre o conteúdo das provas durante o exame. Essa é uma das ações que pode levar à eliminação do candidato, mas outras atitudes também podem provocar a exclusão do participante.

A eliminação pode ocorrer, por exemplo, se o candidato começar a prova antes das 13h30 ou sair da sala sem acompanhamento de um fiscal antes de completar duas horas do início das provas.
 
Bastidores
O cenário político em Montes Claros continua com as articulações feitas apenas nos bastidores. Os pré-candidatos estão querendo deixar a poeira baixar para intensificar as ações pensando em 2018.
 
Briga interna no PT
Os petistas ligados a Marilene Alves (Leninha) estão irritados com a decisão do deputado estadual Paulo Guedes de apoiar Virgílio Guimarães para deputado estadual, abandonando o barco da candidata derrotada na eleição municipal de 2016, que agora se articula para disputar uma cadeira na Assembleia de Minas.
 
Reforma trabalhista
A Reforma Trabalhista, aprovada pelo Congresso, entra em vigor no dia 11 de novembro. O presidente Michel Temer (PMDB) aguardará a reação do mercado para decidir se fará alguma modificação por meio de decreto. O fato é que o texto ainda provoca dúvidas entre empregados e patrões.
 
Fraudes
A Polícia Federal informou que auditoria do Banco do Brasil feita em contratos de financiamentos para a obtenção de crédito agrícola apontou fraudes em torno de R$ 44 milhões. Os contratos foram apreendidos na primeira etapa da operação Turbocred, em maio do ano passado.
 
Salário reduzido
Segundo dados do Ministério do Planejamento, o governo federal alterou para 2018 o salário mínimo, que estava fixado originalmente em R$ 969, foi reduzido em R$ 4, para R$ 965. 

A política é a ciência da liberdade
Pierre Joseph

Publicidade
Publicidade
Comentários