O B de baiano

Coluna Esplanada / 06/04/2018 - 05h19

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner, amigo próximo e plano B de Lula da Silva quando lançou Dilma Rousseff, é ainda o nome do ex-presidente para ser lançado ao Palácio do Planalto. Mas aos holofotes, para preservar Lula, o discurso é outro. O ex-ministro da Previdência, Trabalho e das Comunicações e dirigente do PT Ricardo Berzoini desconversa. À coluna, diz que o PT não fala em alternativa em caso de prisão de Lula. “Nenhum tipo de alternativa está em discussão”.

Sabático
Berzoini, que mudou o domicílio eleitoral para o DF para disputar o governo, desistiu. “Por questões pessoais, decidi tirar tempo para me dedicar ao debate econômico”. 
 
Japa na urna
Newton Ishi, o policial conhecido como Japonês da Federal, consagrado na Lava Jato, será candidato a deputado federal pelo Patriota de Curitiba. 
 
Pavão
O ministro Gilmar Mendes (STF) atacou a “mídia opressiva”. Isso não existe. Há, sim, ministro togado que solta da cadeia compadre de casório. E isso é notícia. 
 
Tour collorido.. 
Enquanto todas as atenções no país estavam voltadas para o julgamento do habeas corpus de Lula da Silva, outro ex-presidente, Fernando Collor de Mello, tirou a semana para um “tour” pelas arábias. O parlamentar preside a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado (CRE). 
 
..das Arábias 
Depois de passar pela Arábia Saudita, encontrou-se com ministro da Defesa dos Emirados Árabes, Mohammed Al Bowardi. Justificativa: “Análise do cenário internacional e dos conflitos que incomodam os países integrantes da Península Arábica”. Quando era presidente, em 1991, Collor instalou no Brasil a primeira embaixada dos Emirados na América Latina. 
 
Alvo no Poder
Eleito presidente da Comissão de Constituição e Justiça, colegiado mais importante da Câmara, o deputado Daniel Vilela (MDB-GO) responde ao inquérito nº 4.441/17 no STF, que investiga pagamento de propina pela Odebrecht.
 
Na mira
O inquérito é relatado pelo ministro Dias Toffoli, que encaminhou, recentemente, os autos à Procuradoria-Geral da República com o depoimento prestado pelo deputado Vilela à Polícia Federal em outubro de 2017. 
 
Avançou
Deputado Glauber Braga (Psol-RJ), da comissão que acompanha as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco, revela que os investigadores asseguraram aos deputados que “a linha de investigação saiu da estaca zero e está bem encaminhada”. 
  
Cabinho
Apelidado de Cabinho, filho do deputado estadual Cabo Júlio, Bruno Júlio vai se filiar ao PHS em BH e lançará sua candidatura à Câmara Federal. O garoto tem discurso mais ferrenho que o pai contra bandidos e em defesa dos policiais.

Publicidade
Publicidade
Comentários