Dentro do universo das redes sociais existem diversas plataformas destinadas a fins específicos. O Linkedin, por exemplo, é uma rede extremamente profissional e surgiu com o intuito de facilitar as relações profissionais, entre empresas, parceiros e colaboradores. Para tanto, uma rede tão profissional exige um posicionamento profissional. Redes sociais como o Facebook, Instagram e Twitter possuem finalidades diferentes e apesar de serem ambientes mais descontraídos também podem ser utilizados para fechar negócios, fazer network e conseguir boas oportunidades para alavancar sua carreira.

É muito comum, nos dias de hoje, um recrutador averiguar os perfis nas redes sociais dos candidatos à vaga e isso pode ser decisivo na hora da contratação. Um comentário preconceituoso, páginas curtidas que incitam a violência, reclamações constantes de insatisfações em relação a vida, ao emprego atual, chefe e colegas de trabalho podem depor contra um candidato. Afinal, que empresa vai querer um colaborador insatisfeito e que não demonstra controle emocional e equilíbrio em relação a família, amigos e colegas de trabalho? 

Isso não quer dizer que um usuário das redes sociais tenha que esconder o que pensa ou sente por medo de não conseguir uma determinada vaga ou uma posição melhor na sua empresa atual, mas sim que ele pode buscar ser uma pessoa melhor. A foto escolhida para ser o avatar do perfil, foto de capa e postagens refletem um pouco a personalidade de cada pessoa. Nesse sentido as empresas irão priorizar as vagas para perfis que se relacionem diretamente com os seus propósitos e expectativas e eliminarão aqueles que não correspondem aos seus objetivos. 

Então, onde encontrar oportunidades de trabalho e conseguir bons empregos através das redes sociais? Em primeiro lugar, é preciso desenvolver o senso crítico. Avaliando os seus perfis nas redes citadas acima, você se contrataria? Imagine-se como o contratante, veja seu perfil e analise, as fotos utilizadas demonstram positividade, seriedade e comprometimento? As legendas demonstram criatividade, otimismo e inspiram outros usuários? Os textos e vídeos publicados e compartilhamentos abordam assuntos inteligentes e contribuem positivamente para a sua comunidade?

Após alinhar a forma que deseja ser visto pelos empregadores você pode começar a seguir as páginas profissionais das empresas que mais admira e que tem a ver com a sua área de atuação, dessa forma você receberá em primeira mão o aviso de novas vagas, comunicado de workshops, palestras e cursos gratuitos ou pagos que enriquecerão o seu currículo e poderão colocá-lo em evidência para o setor de RH. 

Entrar em grupos de discussão também é uma excelente estratégia, com um clique você estará em contato com centenas ou milhares de profissionais qualificados e experientes que poderão dar dicas, responder suas dúvidas e trocar informações profissionais; além disso, ainda pode conseguir parceiros para novos projetos e também chamar a atenção de algum empregador de plantão e receber aquela proposta dos sonhos.
Maira Hess*