“Nada”! Respondeu enfaticamente o mestre ao ser perguntado o que diria a alguém que esteja se desviando do caminho virtuoso.

“Mas como, mestre”? Insistiu o discípulo... O senhor não vai tentar orientá-lo com sua sabedoria?

“Ninguém é capaz de convencer ninguém a fazer algo que não deseja fazer...”! Retrucou de pronto o mestre para espanto do seu insistente pupilo.

“Mas, mestre... Então não há nada a fazer? Não há nada a ensinar? Não devemos ajudar alguém que está indo para o rumo errado”? Tornou a perguntar o discípulo inconformado com a resposta recebida do mestre.

“Há sim! Há algo muito importante a transmitir”! Disse ele, num tom enigmático.

“O que então”? Perguntou avidamente o jovem.

“O exemplo”! Disse com firmeza o mestre, enquanto já se dispunha a tomar uma direção onde caminhou lentamente até sumir no horizonte.

Realmente é uma ilusão pensar que podemos convencer os outros de alguma coisa...

A pessoa só se deixa convencer quando se sente aberta para acatar o que estamos pregando...

A pessoa é que faz um movimento de permissão, de interesse, de disponibilidade, de aceitação para que possa ainda sim ser convencida!

Não há nada a fazer a não ser nos limitar a agir corretamente, a empreender nossas ações positivas, a dar gratuitamente nossos exemplos...

O maior dos enganos é achar que somos responsáveis pelas ações dos outros, por seus desvios ou por sua melhoria... Ninguém é dono de ninguém!

Pior ainda é ficar por aí pregando lições, ditando regras, definindo comportamentos, julgando atitudes ou sentir-se responsável pela mudança de quem quer que seja... Ninguém consegue mudar ninguém!

A mudança, tal como a ação, deve ser interna, dentro de si mesmo, no campo pessoal de cada um de nós...

Por que mais que acredite numa ideia, por mais que deseje compartilhá-la, por mais importantes que sejam meus valores, por mais sublime que considere minha missão, existe algo externo a mim que jamais irei controlar, que é o desejo, a receptividade, o momento e a prontidão do outro... 

Tudo tem a hora certa de acontecer e não depende de nossa vontade... 

É muito soberba querer controlar o mundo e mudar as pessoas conforme nossas crenças...

Resta-nos apenas cometer bons exemplos... Se o outro estiver pronto, ele nos copiará!

Cuide bem de você!