Dez para meia noite. Último dia do ano. José saiu para fazer uma caminhada pela praia. Solitário e calmo, pensando na vida, ele avistou ao longe um velho senhor, de roupa, barba e cabelo totalmente brancos, segurando uma pequena garrafa vazia e transparente nas mãos, correndo em direção ao mar. José gritou: 

“Ei, espere! Quem é você? Por que está indo nessa direção?”

O velho respondeu: “Desculpe, eu não tenho nome – atendo por um número – sou o velho 2017 e preciso ir embora imediatamente.”

Disse isso e mergulhou no meio das ondas gigantes que se formaram no exato momento em que os sinos da igreja dobraram pela despedida do ano velho.

José parou e ficou olhando 2017 desaparecer no meio das águas e tomou um grande susto quando, assim que as ondas baixaram e a orla da praia ficou totalmente iluminada pelos fogos de artifício, viu aparecer no mesmo lugar um cesto flutuando na água carregando um bebê recém-nascido.

José correu até ele, retirou o recém-nascido de dentro das águas e percebeu que ao lado dele estavam um caderno e a mesma garrafa transparente que o velho 2017 carregava ao desaparecer. Dessa vez a garrafa continha um bilhete em seu interior. Ele retirou a rolha que a tampava, desenrolou o bilhete e leu a seguinte mensagem. “Certidão de nascimento – nome de batismo 2018”

Olá! Você acabou de presenciar o nascimento de um ano novo. Para comemorar esse momento, eu te presenteio com um caderno, um diário que contém 365 folhas em branco para você preencher uma página a cada dia.

Dizem que a vida é curta, mas não acredite muito, pois isso é relativo. A vida pode e deve ser longa desde que você:

– Aprenda a conviver com e a superar decepções profundas (o maior sinal de maturidade de um ser humano);

– Aprenda a detectar pequenas felicidades ocultas e escondidas dentro de momentos próximos e acessíveis ao invés de sonhar com grandes felicidades em lugares e tempos que nunca chegam;

– Use a sua vida para fazer a vida das outras pessoas um pouco melhor;

– Agarre cada novo dia com o firme propósito de viver e praticar o aqui e o agora. Ninguém mora no passado e ninguém vive com antecedência no futuro. A vida acontece no aqui e no agora, e a vida é feita de escolhas.

Então, escolha o que vai fazer com cada segundo de 2018, não desperdice nem um momento sequer. Escreva sua melhor história de vida nas próximas 365 páginas do ano e seja muito feliz!