A Ouvidoria Geral do Estado (OGE) realiza na próxima terça-feira (5) mais uma edição da “Ouvidoria Móvel”, desta vez em Montes Claros. O cidadão que passar pela praça Doutor Carlos Versiani poderá registrar reclamações, denúncias, sugestões, solicitações e elogios sobre os serviços prestados por órgãos públicos estaduais.

Segundo a OGE, Montes Claros é a segunda cidade com maior número de queixas, ficando atrás apenas da capital mineira. O órgão recebeu 234 manifestações de cidadãos montes-clarenses, entre janeiro e julho deste ano.

Dentre as seis ouvidorias especializadas que compõem a Ouvidoria, a Educacional foi a mais procurada pela população, com 72 registros. Em segundo lugar na procura está a Ouvidoria de Fazenda, Patrimônio e Licitações Públicas, com 56 manifestações, seguida pelas ouvidorias do Sistema Penitenciário, com 36 registros, e de Polícia, com 35.

Quase 80% do total de manifestações registradas na OGE nos primeiros sete meses deste ano foram respondidas e encerradas. O restante ainda está em tramitação interna nos respectivos órgãos estaduais competentes.
 
OBJETIVO
A Ouvidoria tem um caráter muito democrático porque permite que o cidadão participe do governo, fazendo sugestões, críticas, denúncias e até mesmo elogios.
“Nosso objetivo é fazer com que toda essa participação da população encontre canais mais dinâmicos de manifestação e mais ágeis. Nossa meta é a de que nenhuma manifestação dos cidadãos fique sem resposta”, pontua o ouvidor-geral, Wadson Ribeiro.