Morreu na manhã desta quarta-feira Gerusa Caroline Carvalho Silva, de 23 anos. Ela era a segunda vítima do acidente que aconteceu no último domingo na avenida São Judas, no bairro de mesmo nome, em Montes Claros. Gerusa deve ser enterrada na manhã de hoje. 

A amiga dela, que pilotava a motocicleta, Audilene Alves Felipe dos Santos, morreu no mesmo dia da ocorrência e foi enterrada na segunda-feira. Era casada e deixou dois filhos, de 10 e 18 anos.

As duas transitavam pela avenida quando o condutor de um carro invadiu a contramão e bateu de frente na motocicleta. 

De acordo com o delegado regional, Jurandir Rodrigues, responsável pelo caso, o condutor do veículo que causou o acidente estava alcoolizado e não possui carteira de habilitação.

O motorista, de 71 anos, foi preso e levado para o Presídio Regional. Foi autuado por lesão corporal culposa e homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Um laudo sobre o acidente deve ser concluído nos próximos dias.

“A pena dele agora será de até 12 anos. Antes ele respondia por apenas um homicídio e lesão culposa no trânsito. Agora responde por dois homicídios culposos”, disse o delegado Jurandir Rodrigues.