Mesmo isoladas, as chuvas nos últimos dias trouxeram vários problemas à população de Montes Claros. A maioria, na área de infraestrutura. Ruas foram interditadas e erosões colocam em risco veículos e pedestres. 

Na avenida Francisco Gaetani, parte da pista desmoronou na saída para Pirapora. O buraco fica logo no acesso a um supermercado e pode aumentar com as chuvas que caem desde o último fim de semana na cidade. O local é passagem constante de ciclistas, automóveis e pedestres. A erosão pode pegar muita gente de surpresa devido à localização, o que torna maior o risco de acidentes.
 
RUA INTERDITADA
A Defesa Civil interditou a rua Dezoito, no bairro Residencial Vitória, por risco de erosão no solo. A moradora Elenice Santos, que acionou a unidade na última segunda-feira (26), afirma que está com medo de acontecer um acidente maior. “A rua está afundando e o rachado já está no meio da via. Tem um poste quase caindo. Estamos com medo de a rua afundar a qualquer hora. Tememos que um acidente maior nos pegue de surpresa”, disse. Ainda segundo Elenice, a medida tomada até o momento foi o isolamento do local com uma fita, pela Defesa Civil.

ENCHENTES 
O acesso ao viaduto Manoel Emiliano, na rua Melo Viana, no bairro Morrinhos, região central da cidade, fica difícil quando chove. A pedagoga Mayounara Soares, que reside na esquina do elevado, se queixa dos transtornos com as chuvas. 

“O viaduto dá acesso ao Centro da cidade e fica impossível passar por ele quando chove. Em dias de chuva forte, a água sobe até o topo e fica parecendo uma piscina. Sem contar que, durante a noite, pessoas fazem do viaduto um banheiro público. Com isso, só aumentam os riscos de contaminação com a água suja. Até hoje nada foi feito, a situação só piora”, afirmou.

O NORTE entrou em contato com a Prefeitura de Montes Claros e a Defesa Civil em busca de um posicionamento, mas até o fechamento desta edição não obteve resposta.