A busca pelo corpo perfeito neste verão tem lotado as academias de Montes Claros. Os proprietários de estabelecimentos do setor comemoram o crescimento da demanda. 

Segundo o empresário Roberto Eduardo Santos, a academia sempre registra um maior número de matriculas nos primeiros meses do ano. “Tivemos um aumento médio de 50% em relação ao mês de dezembro. Este percentual é comum, já que as pessoas querem estar bem durante o verão”, ressaltou.

O gerente Wesley Silva de Oliveira diz que as pessoas acabam exagerando nos banquetes de fim de ano e logo retornam para a academia a fim de perder os quilos a mais. “Os alunos sempre voltam para melhorar o condicionamento físico e perder os quilinhos que adquiriram durante as festas de fim de ano”, frisou Oliveira.

Em ambas as academias as mulheres são maioria. As principais atividades são fit, dance, zumba e musculação. A estudante Maria Verônica Navarro Santos começou a malhar há uma semana. Optou por este período do ano por estar de férias. “Com a rotina de trabalho e estudos este é o único período que consegui focar no treino em uma academia, mas antes eu praticava esportes que não exigiam tanta disciplina. Já aqui eu aproveito a companhia de amigos, além de poder passar o Carnaval com o corpo em forma”, destacou.

Apesar de muitas pessoas praticarem atividades com o objetivo de melhorar a saúde, outras priorizam o alcance do “corpo perfeito” em pouco tempo e, nestes casos, é importante tomar alguns cuidados.

O especialista em fisioterapia esportiva e mestre em avaliação das atividades físicas Jomar Luiz Santos ressalta que é preciso ter cuidado com a escolha da atividade correta, de acordo com o perfil de cada pessoa.

“A primeira coisa é conhecer o indivíduo e saber qual o melhor exercício físico para ele. O ideal para isso é passar por uma equipe multidisciplinar. Fazer avaliações médica, para saber como está seu sistema cardiorrespiratório, e cinético-funcional, evitando problemas osteomusculares e de postura, além de ter um educador físico para indicar o melhor exercício”, finalizou Almeida.
 

“A primeira coisa é conhecer o indivíduo e saber qual o melhor exercício físico para ele. O ideal para isso é passar por uma equipe multidisciplinar”
Jomar Luiz Santos
Especialista em fisioterapia esportiva