O Corpo de Bombeiros promoveu ontem, em todo o Estado, a ação “Alerta Vermelho”, trabalho preventivo nos postos de combustível para orientar funcionários e população em geral quanto às medidas de segurança, incêndio e situações de pânico, aumentando o nível de alerta para evitar acidentes. 

Em Montes Claros, a ação ocorreu nos 82 postos ativos da cidade. Segundo o tenente Davi da Silva Durães, que ajudou a coordenar a operação, a ação não foi de fiscalização, mas para orientar e prevenir.

“Normalmente, os postos já são bastante cobrados quanto à regularidade. Praticamente não existe postos irregulares. Na maioria dos casos, o que se encontra é o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) vencido, sistema preventivo ultrapassado ou mal condicionado, como extintores obstruídos e não visíveis”, disse.

De acordo com o gerente do posto Petromoc, José Edmilson Rodrigues, a ação é de máxima importância e alertou, por exemplo, sobre o abastecimento em galões, que teve grande procura nos últimos dias, durante a greve dos caminhoneiros.

“Durante a paralisação, abastecemos somente direto no tanque, mas sabemos que muitas pessoas compraram em galões e estocaram em casa, e isso pode ser muito perigoso”, afirmou. 

José Edmilson disse que atenção nunca é demais e garantiu que a equipe está preparada caso seja necessário agir. 

“Tanto prevenção de acidentes, bem como o uso de extintores. Sempre esperamos que não aconteça nenhum acidente, mas do contrário, estaremos preparados para uma emergência”, completou.