A cidade de Janaúba viveu ontem uma das maiores tragédias de seus 69 anos de história. O vigia noturno Damião Soares dos Santos entrou em uma das salas da creche Gente Inocente e despejou álcool no próprio corpo e nas crianças e ateou fogo. Quatro alunos da creche morreram e mais 40 pessoas, incluindo servidores da instituição, ficaram feridos. Os pacientes em situação mais grave foram transferidos para hospitais em Montes Claros e Belo Horizonte. Damião chegou a ser socorrido, mas também não resistiu aos ferimentos. 

Segundo a Polícia Militar, Damião decidiu cometer o crime após uma conversa com a diretora da creche. No entanto, não se sabe o teor da conversa e o motivo que levou o vigia a atacar as crianças.

A explosão ocorreu no memento em que os pequenos estavam no recreio. Vizinho da instituição, Lourival da Silva foi um dos primeiros a entrar no recinto após a explosão. “Eu estava na frente da escola e vimos só a explosão e a fumaceira saindo. Saímos correndo e ajudamos a tirar os meninos. Eu cortei a corrente do portão que estava trancado. O portão sempre fica trancado e só abre à tarde para as crianças saírem”.

Logo a frente do imóvel foi tomada por pais dos filhos. Muitas crianças foram socorridas por vizinhos e levadas em carros particulares aos hospitais. Dois policiais militares que ajudaram no salvamento também ficaram feridos. 

“Quando cheguei a escola estava fechada e consegui ver minha filha no hospital de Janaúba, antes dela ser transferida para Belo Horizonte. Deixei minha filha pela manhã na escola e fui trabalhar. Ela nunca reclamou de nada da creche. Foi muito ruim ter acontecido isso. Mas minha filha vai se recuperar”, disse Érica Soares Dias. A filha dela foi transferida para o Hospital João XXII, na capital mineira. 

O governador de Minas, Fernando Pimentel, esteve na cidade e decretou luto de três dias no Estado. “Uma tragédia, não tem outra palavra para descrever isso”, disse o governador. 

 

“Eu estava na frente da escola e vimos só a explosão e a fumaceira saindo. Saímos correndo e ajudamos a tirar os meninos. Eu cortei a corrente do portão 
que estava trancado”
Lourival da Silva
Vizinho da Creche

“Lamento imensamente essa tragédia com as crianças em Janaúba (MG). Quero expressar a minha solidariedade às famílias”
Michel Temer
Presidente da República