Sem previsão de chuva para as regiões Norte e Nordeste de Minas, a expectativa é a de que o racionamento de água continue na região. Já são 107 dias consecutivos sem qualquer precipitação.

O cenário não deve mudar na próxima estação (primavera), que começa em 22 de setembro.

“Estamos em um período de transição do inverno para a primavera. Durante este ciclo é comum longos períodos sem chuvas ou com pancadas isoladas. Para o Norte de Minas, a tendência é de tempo firme, sem possibilidade de chuvas”, explica o meteorologista Heriberto dos Anjos, do Centro de Meteorologia TempoClima PUC-Minas.

Ainda segundo o meteorologista, uma massa de ar seco impede a formação de nuvens na região.

“Somente com a chuva diminuiria a seca e melhoraria as condições dos reservatórios de água nas cidades”, reforça.
 
Temperaturas
Ainda de acordo com o TempoClima PUC-Minas, a previsão é a de que a temperatura continue em elevação na região.

“Os termômetros estão variando com mínimas de 14ºC e máximas de até 32ºC. O grande problema é que a umidade relativa do ar está abaixo do recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), que é acima de 60%. A média está em 20%, o que é considerado prejudicial à saúde. A tendência é a de que este número caia ainda mais, chegando até 12%”, alerta o meteorologista Heriberto dos Anjos. (GS)