As regiões Norte e Noroeste de Minas serão beneficiadas pelo primeiro leilão de transmissão de energia anunciado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no último dia 13. Até 15 de abril, a minuta será discutida em audiências públicas.

Com investimento estimado de R$ 402,4 milhões e geração de 1.006 empregos diretos, o leilão viabilizará o escoamento do já reconhecido potencial de geração  solar das regiões Norte e Noroeste do estado, como informa o deputado estadual e presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa, Gil Pereira (PP).

“O leilão será importante porque garantirá o escoamento da produção, por meio das linhas de transmissão. Minha expectativa é de que o preço do megawatt seja ainda menor desta vez”, destacou.

No certame realizado em 2014/2015, a cotação do megawatt ficou em R$ 300. No final do ano passado, chegou a R$ 126, bem próximo ao preço da energia eólica.

Os aportes destinados para a região devem beneficiar a comunidade e a economia local. “Muitas empresas que procuram energia limpa, de boa qualidade e com preços competitivos vão migrar para o Norte ”, projetou.

O leilão será dividido em 24 lotes, com 60 empreendimentos em 18 estados. Deles, o de número 21, o único direcionado para Minas, inclui as linhas de transmissão e subestações LT 230 kV Janaúba 3 – Jaíba, CD, C1 e C2, com 94 km; LT 345 kV Pirapora 2 – Três Marias, C1, com 108 km; SE 230/138 kV Jaíba – 230/138kV (6+1R) x 33,3 MVA; SE500/230/138 kV Janaúba 3, transformação 500/230 kV, com (6+1R) x 100 MVA.

As instalações devem entrar em operação comercial no prazo de 36 a 60 meses a partir da data de assinatura dos contratos de concessão. No total, vão ser 3.954 quilômetros de linhas de transmissão e 13.866 mega-volt-amperes (MVA) de capacidade de transformação de subestações, com investimentos de R$ 8,9 bilhões.

Os interessados podem ter acesso às minutas do edital do leilão nº 02/2018, da Aneel, do contrato de concessão resultante, bem como seus anexos técnicos e apêndices relativos aos modelos de contratos entre agentes.