As estradas já começaram a ficar movimentadas nesses dias que antecedem o Carnaval e, com isso, a atenção deve ser redobrada. No Norte de Minas, as polícias rodoviárias Estadual e Federal começaram hoje a patrulha nos trechos com mais movimento, com ênfase no combate à embriaguez ao volante. No ano passado, 25% das pessoas presas durante o feriado prolongado foram por esse tipo de infração. 

“Sabemos que no feriado de Carnaval há, seguramente, uma tendência de elevação no consumo de álcool. Por este motivo, procuraremos alcançar principalmente motoristas que fizeram uso de bebida alcoólica e que estejam transitando em nossas rodovias, pois expõem a risco os ocupantes do seu veículo, a si mesmo e também os demais usuários”, pontua a chefe da PRF no Norte de Minas, Heloísa Menezes. 

Vale ressaltar que dirigir sob influência de álcool é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por 12 meses e multa de R$ 2.934,70, que também será aplicada ao condutor que se negar a fazer o teste do bafômetro. 

Desde o início de dezembro, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) está realizando a “Operação Rodovia Segura”, que perdurará até o final de fevereiro, com fiscalização e abordagem educativa. 

A operação de Carnaval será realizada também com auxílio da polícia de Meio Ambiente, principalmente na BR–135, que liga o Norte de Minas à capital mineira e possui maior índice de acidentes. 

As operações também serão intensificadas nas estradas que dão acesso às principais cidades do Norte de Minas que terão as festas carnavalescas, como Grão Mogol e Brasília de Minas. 

O movimento também será grande nas rodovias que ligam Montes Claros a Diamantina, um dos municípios mais procurados pelos norte-mineiros nesta época. 

Em todo o Brasil, a Polícia Rodoviária Federal, devido ao alto índice de acidentes e a elevada taxa de infrações de trânsito, convocou aproximadamente 950 policiais, em escalas de revezamento, que utilizarão 22 radares e 150 etilômetros. 
 
RESTRIÇÃO
Em rodovias federais de pista simples, por medida de segurança, devido ao grande aumento no fluxo de veículos, a PRF restringirá o tráfego de bitrens, rodotrens, treminhões, cegonheiras carregadas e de veículos com cargas excedentes. 
 
BOMBEIROS 
Cerca de 40 bombeiros militares vão atuar em 32 municípios do Norte de Minas, principalmente próximo a cachoeiras, cidades banhadas por rios e balneários, uma vez que os índices de afogamento costumam aumentar neste período.