O corpo de um recém-nascido foi encontrado em uma bolsa, na noite da última quarta-feira (14), na cidade de Janaúba, no Norte de Minas. Segundo a polícia, uma mulher de 24 anos teria dado entrada no Hospital Fundajan com hemorragia decorrente de um parto, mas sem a criança.

Diante do fato, a Polícia Militar foi acionada e encontrou na casa da avó da suspeita, no bairro Santo Antônio, o corpo do bebê do sexo masculino, encoberto por panos e dentro de uma bolsa. 

No hospital, a mulher foi submetida a exames que constataram a gravidez. Questionada, ela confessou que não queria ter mais um filho e que por isso matou a criança logo após o parto.

Segundo o hospital, o estado de saúde da suspeita é estável, apresentando quadro de anemia e aguardando curetagem.

O delegado Bruno Fernandes Barbosa informou que a mulher permanece escoltada, à espera do fim da apuração judicial para definir se trata-se de um crime de infanticídio, em que a mãe pode apresentar depressão, o que leva a rejeitar o filho, ou homicídio, em que há circunstância ou intenção de assassinato.