A Prefeitura de Janaúba inicia hoje o cadastramento das vítimas do incêndio na creche Gente Inocente, em outubro do ano passado, e dos familiares delas para o recebimento da indenização pelos danos. 

Os afetados devem comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras Norte), na rua Osvaldo Aranha, 95, bairro Padre Eustáquio. O prazo final para requerimento administrativo da indenização é segunda-feira. A prefeitura promete iniciar os pagamentos em 31 de janeiro. 

As famílias dos 13 mortos e das vítimas de queimaduras em segundo e terceiro graus receberão R$ 12 mil, enquanto as outras pessoas afetadas pela tragédia vão ser indenizadas em R$ 6 mil. Os valores serão parcelados em 12 vezes, entre janeiro e dezembro de 2018, com os pagamentos realizados no último dia útil de cada mês.

Os familiares das vítimas com nomes iniciados com as letras de A a J deverão comparecer ao Cras hoje, das 14h às 17h. Os representantes das outras vítimas deverão ir ao local amanhã, das 7h às 13h.
 
DOCUMENTOS 
Para realizar o requerimento, é preciso ir ao Cras munido com os seguintes documentos: certidão de nascimento, certidão de óbito, cédula de identidade ou outro documento comprobatório de parentesco com a vítima; sumário de alta ou declaração de internação hospitalar; relatório médico de lesão ou internação; receituário de medicações prescritas à vítima e comprovante de endereço.

Os valores e as formas de pagamento foram acordados em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado em dezembro entre a Prefeitura de Janaúba e Ministério Publico de Minas Gerais (MPMG). Este pagamento não impede que as famílias busquem na Justiça uma maior indenização pelo ocorrido.