A Agência de Desenvolvimento da Região Norte de Minas (Adenor) promove, durante a 23ª Feira Nacional da Indústria, Comércio e de Serviços (Fenics), a II Exposolar do Norte de Minas. A exposição, que será realizada nos quatro dias de festa dentro do estande da Adenor, tem o intuito de levar mais conhecimento sobre os projetos em curso, apresentando oportunidades para investimento em energia solar fotovoltaica para integradores, empresários e investidores.

O mercado de energia fotovoltaica no Norte de Minas projeta valores acima de R$ 11,6 bilhões de investimentos em linhas de transmissão e na construção de usinas geradoras de energia nos próximos cinco anos.

A II Exposolar apresentará ações de fomento para o processo de industrialização na região, através da Fiemg, com o Programa de Alianças Estratégicas, da Câmara Técnica de Energia Fotovoltaica (Sedectes) e com o Programa de Instalação de Usinas Solares nas Prefeituras, a partir de consórcios de municípios.

“Por meio da realização de palestras, painéis e atendimentos especializados, a II Exposolar do Norte de Minas Gerais visa desenvolver ações efetivas de promoção e divulgação do Projeto da Adenor de Implantação de Empreendimentos Fotovoltaicos, de forma mais técnica e concentrada”, explica Alexandre Pires Ramos, presidente da entidade.

Ele destaca ainda o lançamento do Portal de Energias da Área Mineira da Sudene. “O portal ajudará todos os interessados em empreendimentos do segmento desse tipo de energia em nossa região. Eles poderão tomar as informações como ponto de partida para contratar ou oferecer produtos e serviços”, ressalta Alexandre.

Desde 2013, a Adenor desenvolve um trabalho pautado nesta cadeia produtiva, mobilizando entidades de fomento e a sociedade para todas as possibilidades de investimento, com vistas a geração de emprego e renda. Em diversos eventos, investidores nacionais conheceram a região, articularam demandas e despertaram agentes locais para esta nova realidade regional.

A II Exposolar é a continuidade desse trabalho, que consiste em despertar para a importância da energia limpa para o desenvolvimento sustentável, destacando o Norte de Minas como a melhor região do país, neste contexto.
 
INGRESSOS
Serão mil tíquetes por dia, sendo que pessoa jurídica tem direito a quatro unidades. Na bilheteria do evento e na ACI os ingressos são vendidos a R$ 10 e R$ 5. A organização vai distribuir 4 mil ingressos gratuitos, virtuais.