Duas companhias independentes da Polícia Militar foram entregues pelo governo de Minas às cidades de Mantena e Aimorés, na região do Rio Doce. As inaugurações atendem demandas dos moradores. Desde 2015, 14 novas unidades da corporação foram instaladas no Estado.

Com cerca de 28 mil habitantes, Mantena não tinha companhia da PM. O aposentado Roulian Vieira, de 60 anos, acredita que a criminalidade será reduzida na região. “O aumento de policiais vai dificultar, por exemplo, os ataques aos caixas eletrônicos”, diz.

O empresário de calçados Rogério Ferreira Oliveira, de 47, também falou sobre a importância do novo patrulhamento. “Agora, estamos mais seguros para trabalhar e criar a família com maior tranquilidade”.

A comandante da 18ª Companhia Independente da PM em Mantena, major Carla de Oliveira, reforça que a instalação da unidade era uma reivindicação antiga. “A população foi atendida e está se sentindo mais segura com a presença da Polícia Militar”, diz.
 
REFORÇO NA FRONTEIRA
Com aproximadamente 25 mil habitantes, Aimorés faz divisa com o Espírito Santo. Segundo o comandante da 15ª Companhia Independente da PM, major Jesus Souza Lima, a proximidade era motivo de insegurança para a população.

“Com a inauguração, tanto o patrulhamento nas ruas quanto o atendimento às ocorrências foram otimizados”, afirma o major. “Estamos dentro da cidade e isso agiliza o deslocamento para o atendimento a qualquer ocorrência”, acrescenta.

O governador Fernando Pimentel, que determinou a criação de uma força-tarefa para combater o roubo a caixas eletrônicos em Minas, em setembro do ano passado, disse que o Estado está focado na prevenção e combate à criminalidade no interior.
 
MAIS POLÍCIA NAS RUAS
Segundo o governo de Minas, a melhoria das estatísticas de segurança – conforme o relatório de balanço dos índices de criminalidade, disponível no site seguranca.mg.gov.br – é resultado de diversas ações que foram implantadas.

Entre 2015 e 2018, foram disponibilizados 5 mil novos militares. Ainda neste ano, novas turmas de soldados irão se formar no interior do Estado. Também foram abertos concursos para 76 novos delegados e 119 escrivães. 

Além disso, foram entregues à Polícia Militar cerca de 2 mil viaturas. Só no primeiro trimestre de 2018 foram 209 veículos.
 
BASES COMUNITÁRIAS
A criação do programa de instalação de bases comunitárias em bairros de Belo Horizonte, em agosto de 2017, também contribui para a sensação de segurança da população, aponta o governo estadual. A intenção é expandir a iniciativa para o interior, nas cidades de maior porte.