A advogada Karina Guimarães comemora dois anos de criação do projeto “Não jogue fora! Montes Claros” no Facebook. A iniciativa permite que toneladas de lixo sejam recicladas no município e ainda estimula a produção de artesanato com o que antes era desperdiçado, gerando ocupação e renda para muitos moradores e artesãos da cidade. 

O grupo já reúne 98.468 participantes em campanha constante pelo recolhimento de objetos e embalagens que são destinados à confecção de diversos tipos de artesanato.

Alguns comerciantes da cidade fazem parte do grupo e contribuem doando latinhas de bebidas, garrafas pets, óleo de cozinha usado (vira sabão e derivados), palitos de espeto, entre outros.

A advogada conta ter decidido criar a página após perceber a quantidade de lixo produzida pela própria família. “Me assustei ao perceber que estava contribuindo para que mais lixo fosse jogado fora. O planeta está imundo, poluído. Muitas coisas podem ser reutilizadas, reaproveitadas ou recicladas. Se tenho na minha casa caixinhas de leite, divulgo no grupo; aí a pessoa vem apanhá-las”, explica Karina.

A iniciativa ganha ainda mais importância nesta Semana Nacional do Meio Ambiente, que tem por fim conscientizar a população sobre o uso racional de recursos naturais. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas em 1972 e procura também chamar a atenção de governantes sobre a necessidade de implantar medidas emergenciais para prevenir a degradação do meio ambiente.

Ao longo da semana O NORTE divulgará ações da comunidade montes-clarense para salvar o planeta. 
 
CONSCIENTIZAÇÃO 
Segundo a Empresa Municipal de Serviços, Obras e Urbanização, em Montes Claros são recolhidas cerca de 200 toneladas de resíduos sólidos por dia e 30% deste montante pode ser reciclado.

“Se paramos para pensar, concluímos que nada é lixo. Nas mãos de um artista tudo pode ser transformado e utilizado, assim nosso meio ambiente será cuidado, zelado e preservado”, observa a idealizadora do “Não Joga Fora!”, Karina Guimarães.