O Nova América conquistou o campeonato de futebol amador do Grande Maracanã deste ano. O time do bairro Doutor João Alves venceu na final o Independência, por 2 a 1, neste domingo, no estádio José Maria Melo.

O jogo começou com um belíssimo gol olímpico feito já nos primeiros minutos de jogo. O restante da partida foi quase todo dominado pelo Nova América, que mereceu a vitória.

Na preliminar, o Ponte Branca venceu a equipe do Londrina por 4 a 3 nos pênaltis e ficou com o terceiro lugar. Mais de 1.000 pessoas compareceram ao estádio para as partidas decisivas.
 
HISTÓRIA
O torneio esteve em sua 18ª edição e reuniu representantes de todas as regiões de Montes Claros. A competição deste ano, que começou com 11 equipes no mês de março, chegou a seu final com Nova América e Independência com a melhor campanha na competição.

O organizador do evento, o desportista Robson Róger, explica que embora a competição tenha sido bem conduzida pelas equipes, algumas normas têm que ser revistas e analisadas para as próximas competições.

“Tivemos uma participação efetiva dos clubes, o que para nós já fez valer todo o esforço enredado para a realização do torneio, mas algumas reivindicações dos atletas e dirigentes serão analisados. Queremos fazer a correção já para a Copa que será realizada nos próximos dias” explica Roger.

A competição começou no dia 12 de fevereiro com 11 clubes em busca do título: Novo América (Doutor João Alves), Santo Amaro (Santo Amaro), Independência (Independência), Mackenzie (João Botelho), Ponte Branca (Vila Telma), Real Galaxy (Grande Maracanã), Fluminense (São Judas II), Londrina (Grande Maracanã), Alterosa (Alterosa), Red Label (Morrinhos/Santa Rita) e Boca Junior.

Os artilheiros do torneio foram João Alfredo (Londrina) com 9 gols; Wellington Ferreira (Nova América) com 8; Marcos Rafael e Natanael (Independência); Jefferson e Nicolas (Mackenze); Washington (Monte Sião), José Decio e Pedro Tiago todos com seis gols cada.