Como em todo ano, a Volta Internacional da Pampulha, em Belo Horizonte, atraiu corredores de todos os lugares do planeta. O evento é um dos mais importantes do país e para muitos atletas serve de preparação para a Corrida Internacional de São Silvestre, em 31 de dezembro. Foram 17,8 quilômetros para percorrer em torno da Lagoa da Pampulha, ponto turístico da capital mineira.

Cerca de 300 atletas do Norte de Minas participaram da competição e sentiram emoção única. Em vários casos, a história deles vem recheada de superação. 

A advogada Mellissa Mendes começou a correr este ano como parte do processo de reeducação alimentar e não imaginou que estaria pronta para participar de uma competição internacional. “Há dois anos eu iniciei uma reeducação alimentar por problemas de saúde. Eu sempre fazia caminhadas, mas jamais me imaginei correndo. Comecei a correr em junho, fazendo 5 km na Corrida José Nardel eu gastei 37 minutos. Era um sonho participar de uma corrida internacional”, explicou.
 
ELITE
Porém, mesmo os corredores mais experientes sempre sentem uma emoção diferente. Hélio Alex participou pela quarta vez consecutiva da prova e conquistou o 134º lugar geral, ficando em 2º entre os corredores de Montes Claros. “Todo ano estou sempre presente nesta competição. Foi um sucesso nossa participação. Ano que vem quero voltar”, disse.

Entre os corredores de Montes Claros, José Geraldo Lagartixa foi o melhor colocado chegando na 129ª colocação.