Na base do “vai-ou-racha”, o Montes Claros joga a sorte hoje (3), em casa contra o Corinthians/Guarulhos pela Superliga. O time está oito pontos atrás do próprio Corinthians. Uma vitória não coloca a equipe na zona de classificação, mas pode diminuir uma diferença importante para as pretensões do técnico Sérgio Cunha.

O Montes Claros está na 9ª posição, com 11 pontos, sendo apenas 3 vitórias e 11 derrotas, enquanto o Corinthians é o 8º colocado com 19 pontos conquistados, 7 vitórias e 7 derrotas.

O torcedor que antes empurrava a equipe das arquibancadas agora virou gato pingado no Caldeirão do Ginásio Tancredo Neves e não é para menos. O time perdeu 7, das 9 partidas que disputou em casa. A bruxa anda solta pelos lados norte-mineiros.

Se depender do ânimo dos atletas, dá para vislumbrar esperança. O craque Lorena, ao participar de ação solidária no meio da semana com atletas-mirins, disse que uma de suas melhores fases na carreira de jogador foi exatamente atuando pelo Montes Claros.

“Fui escolhido em 2009 como atleta do ano naquela temporada da Superliga. Voei baixo com o time vice-campeão brasileiro de Vôlei 2009/2010”, enfatizou o oposto.

Para a partida deste sábado, às 19h, o técnico Sérgio Cunha deve entrar em quadra com força máxima: Sandro, Lorena, Mesa, Tarcísio, Najári, Zanotti e Alan. 

Já o Timão virá com: Rodrigo Ribeiro, Rivaldo, Riad, Luizinho, Ygor Ceará e Mineiro, além do líbero Serginho. O técnico da equipe é Alexandre Stanzioni.