Ninguém disse que seria fácil, e o Montes Claros tem certeza disso. O time fez seis jogos até agora, sempre perdeu fora mas, em compensação, com muita luta, venceu as três partidas disputadas no Estádio José Maria Melo.

Para manter a escrita e buscar a segunda vitória consecutiva, o tricolor norte-mineiro enfrenta o Passos neste sábado, às 15h30, no Campo do Cassimiro. O objetivo é permanecer no pelotão de cima e chegar ao G-4, dependendo da combinação de resultados.

Para se ver pela primeira vez na faixa de classificação, o Montes Claros, 6º colocado, precisa vencer o Passos (11º) e torcer para que o União Luziense (5º), em casa, empate ou perca para o Minas Boca (9º).

O outro jogo entre os clubes que estão na briga por uma vaga no topo da tabela acontece entre Araxá (4º) e Pouso Alegre (3º), mas o resultado entre essas equipes não atrapalha o objetivo do MCEC.

Patrocinense, Athletic Club e Minas Boca correm por fora e precisariam de diversas combinações. 

O Valeriodoce, líder, e o Coimbra, vice-líder, podem cair na classificação. Este último corre risco mínimo, mas dificilmente deixa o grupo dos quatro primeiros. 
 
O ADVERSÁRIO
O Passos é o 11º colocado na competição e vem de derrota, em casa, por 5 a 0 para o Pouso Alegre. A equipe tem somente uma vitória e um empate em seis jogos. 

Enquanto o Montes Claros venceu as três partidas em casa, o Passos ainda não conseguiu uma vitória no campo do adversário. O time perdeu para o Araxá por 5 a 0, empatou em 0 a 0 com o Patrocinense e foi derrotado pelo Minas Boca por 3 a 1.

Ao lado do Boston City, o Passos tem o pior ataque, com apenas quatro gols, e é, junto ao Betis, a equipe mais vazada: 17 gols sofridos até agora. 

Os ingressos serão vendidos duas horas antes da partida na bilheteria por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).