Montes Claros recebe neste mês mais uma edição do Fight Club MMA. O evento, em sua sétima edição, acontecerá no AABB no dia 22 e contará com 12 duelos. Os organizadores esperam que cerca de mil amantes do esporte estejam presentes para torcer e acompanhar as lutas. 

O duelo principal acontece na disputa do cinturão, pela categoria 61 kg, entre Eduardo Pitbul e Jean Felipe.

Para Vilson Martins, o Vilsão, idealizador do evento, o Fight Club MMA se tornou vitrine para novos talentos. 

“Nossos atletas têm se destacado em campeonatos e trilhando no caminho do esporte. Muitos deles têm saído da vulnerabilidade social e adquirido uma melhor qualidade de vida”, disse.

Vilsão contou ainda que é extremamente difícil prever quais serão as lutas destaques, já que a projeção é a de que tenha várias disputas em alto nível. “Temos lutas importantes, disputa de cinturão, atletas de BH e do Distrito Federal. Então serão ótimos duelos”, completa.
 
PESO IDEAL
Há poucos dias das disputas, os atletas chegam à reta final da preparação. Alguns ainda devem chegar ao peso ideal, outros usam esse tempo para diminuir o ritmo.

O montes-clarense Cláudio Prates, de 24 anos, enfrenta pelo card principal (77 kg) o belo-horizontino Thiago The Hunter. 

Cláudio é faixa marrom em jiu-jítsu e luta há nove anos. Ele venceu na estreia no Figth e agora busca a segunda vitória. “Os preparativos vão conforme as expectativas, que são as melhores possíveis”, disse.

Cláudio precisa perder quatro quilos para alcançar o peso ideal. Ao todo, serão 11 quilos eliminados em um mês. Ele conta que o treinamento segue forte por quatro vezes ao dia e com alimentação equilibrada. “Objetivo é vencer dia 22”.
 
DESAFIO
Matheus Moura, de 19 anos, também é faixa marrom em jiu-jítsu, vai para a terceira edição e enfrentará Roginelly Muniz na categoria 84 kg.

Há dois anos no MMA, Matheus busca a primeira vitória. Até o dia da pesagem (21), o atleta precisa perder seis quilos.

“Muita penitência. A meta final é agora na semana que vem e terminar de alcançar o peso”. Matheus disse ainda não se preocupar com o adversário. 

“Fazer meu treino pesado, no dia a dia, sem esquentar com o que o adversário faz ou vai fazer”, disse. 

Os ingressos para a competição custam R$ 30 (arquibancada) e R$ 40 (VIP) e são vendidos na portaria da AABB. Outras informações pelo telefone (38) 99175-7038.