Para o Cruzeiro, vencer o clássico deste domingo vale a reapro-ximação da zona de classificação à Copa Libertadores de 2019 via Campeonato Brasileiro. Já o Atlético mira um possível retorno ao G-4 para se reposicionar entre os candidatos ao título. A rivalidade local, porém, é como sempre o principal combustível para o maior duelo do futebol estadual.

Os gigantes medirão forças às 16h, pela 25ª rodada, no Mineirão. Ao receber o Galo para este embate, a Raposa terá a missão de evitar o quinto tropeço consecutivo diante do arquirrival como mandante em partidas pelo Brasileirão.

Desde a reinaugura-ção do Gigante da Pampulha, em 2013, a equipe azul venceu apenas um clássico pela Série A. Justamente o primeiro, e por goleada (4 a 1), quatro dias após a conquista continental pelo time alvinegro, que entrou em campo com equipe reserva.

De lá para cá, o Galo ficou engasgado nas gargantas dos sempre mais de 30 mil apoiadores celestes. Até aqui, o balanço geral é de duas vitórias dos visitantes, dois empates e um triunfo dos mandantes.

Neste reencontro, o técnico Mano Menezes deverá contar com a volta de Sassá, recuperado de lesão. O atacante anotou cinco gols em 19 partidas disputadas nesta temporada e não vai a campo desde o dia 13 de junho, no empate em 1 a 1 com o Paraná, fora de casa, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

AUSÊNCIA 
Por outro lado, o comandante cruzeirense não poderá contar com o meia Robinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido no empate em 0 a 0 com o Sport, na Ilha do Retino, no último sábado.

Thiago Larghi, por sua vez, poderá contar com força máxima, pois os pendurados Victor, Iago Maidana e Ricardo Oliveira não foram punidos pela arbitragem na vitória sobre o Atlético-PR, por 3 a 1, na última segunda-feira. Além disso, o lateral-direito Emerson volta de suspensão, e o meia-atacante Chará, dos amistosos com a seleção colombiana.

Substituído com incômodo muscular após uma dividida, o volante Adilson não deve ser problema.
 
MISTÉRIO
As escalações, porém, só deverão ser reveladas mesmo momentos antes do clássico. O comandante atleticano já adiantou, inclusive, que os treinos de hoje, amanhã e sábado serão fechados para a imprensa, algo que só costuma acontecer nas vésperas das partidas.