O acesso à educação inclusiva é direito de todos. É uma tarefa difícil, mas possível, se houver luta e determinação. Quem garante é o pedagogo Sebastião Mendes de Oliveira, que falou aos estudantes do curso de Pedagogia da Funorte sobre o tema “Educação que transforma com foco na Educação Inclusiva”.

A ideia do evento, realizado no auditório da Fasi, é integrar a comunidade acadêmica e compartilhar experiências da educação inclusiva nos espaços escolares e fora dele.

Segundo a coordenadora do curso, Rosiene Gomes Pereira, o palestrante abordou o poder que a educação promove na vida das pessoas.

“Ele mostrou que nada é impossível quando somos determinados a lutar pelo o que acreditamos e desejamos. É direito de todos ter acesso à educação inclusiva. É, sem dúvida, uma tarefa difícil, mas possível. Precisamos ser capazes de desviar dos obstáculos que a sociedade coloca para impedir o avanço das novas propostas de uma escola para todos. Escola que seja justa, democrática e aberta às diferenças”, destacou a coordenadora.

Além de acadêmicos e coordenação, diretoras e supervisoras da Funorte e escolas parceiras da rede pública e privada de Montes Claros estiveram presentes ao evento.