O Núcleo de Empreendedorismo Juvenil, do Sebrae, deu início às atividades essa semana em Montes Claros com a aula inaugural do curso para técnico em administração. 

A proposta da escola é oferecer formação empreendedora, gratuita, para jovens da rede pública de ensino. O curso tem duração de um ano e a primeira turma, que conta com 30 alunos, funcionará na Fundação Educacional Montes Claros (FEMC). 

O NEJ é um projeto social da Escola do Sebrae de Formação Gerencial (EFG), em parceria com o governo de Minas, para jovens que estejam cursando o 3º ano ou que já concluíram o ensino médio na rede pública de ensino. É preciso ainda ter idade entre 16 e 24 anos e ser aprovado no processo seletivo. Em oito anos, o projeto formou 1.500 jovens empreendedores em BH e na região metropolitana.

Pedro Henrique Rodrigues Cardoso, de 20 anos, morador do bairro Jardim Eldorado, é um dos 30 alunos da turma inicial da EFG NEJ, em Montes Claros. Ele conta que é grande a expectativa em relação ao curso.

“Passei por todas as etapas para entrar no projeto e tenho certeza que esse curso será minha entrada no mercado de trabalho. Sempre fui muito curioso, e quero sempre aprender mais, é isso que eu busco para minha vida”, afirmou. Pedro Henrique contou ainda que foi aprovado em um curso de administração de uma faculdade particular, mas não teve condições de pagar as mensalidades.

“O objetivo é fazer uma transformação na vida deles por meio da educação empreendedora. Aqui eles irão aprender coisas grandes, vão ter contato com empresários, mas, acima de tudo, serão formados para serem cidadãos do mundo”, disse o superintendente do Sebrae Minas, Afonso Maria Rocha.