A uma semana do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), estudantes mineiros contarão com um reforço na busca por uma vaga no ensino superior em 2018. Diferentes espaços de três cidades do Estado irão difundir o conhecimento neste sábado. Aulas gratuitas serão oferecidas em Belo Horizonte, Contagem (Grande BH) e Passos (Sul de Minas).

Chamado de Enem na Praça, o evento acontece pela primeira vez e é promovido pela Secretaria de Estado de Educação (SEE). Dentre as atividades, serão discutidos dois temas: “você sabe ler gráficos?” e “você sabe ler charges?”. 

Em Belo Horizonte, a aula acontece no Parque Municipal, na região central, e no estacionamento do Via Brasil, na Pampulha. Já em Contagem, a atividade será realizada na Praça Nossa Senhora da Glória. As dinâmicas acontecem das 8h às 12h. 

De maneira interativa, as aulas serão ministradas por educadores da rede estadual de ensino. Os docentes participaram de várias reuniões para definir a escolha dos temas. 

Segundo a SEE, o Enem na Praça faz parte de uma série de ações promovidas pela pasta para auxiliar os estudantes na preparação para o exame, cuja aplicação é de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Ainda conforme a secretaria, durante todo o ano foram realizados vários simulados com os estudantes mineiros.
 
DIFERENTE
A orientação da Secretaria de Estadual de Educação é que as superintendências de ensino busquem parceiros para a realização do evento. Em Passos, no Sul de Minas, a atividade será feita na Câmara Municipal da cidade e já conta com mais de 500 estudantes inscritos.

“Os professores estão montando blocos com a resolução de problemas e dicas de estudo. Como falta pouco tempo para a aplicação da prova, não temos como passar novos conteúdos, mas sim auxiliar os estudantes dando dicas para a preparação. Será um aulão interdisciplinar”, destaca a assessora pedagógica da superintendência, Ivone da Penha Garcia Silveira.

Indicados pelas escolas onde atuam, os professores que ministrarão as aulas também são músicos e atores. “Não será uma aula comum. Os educadores preparam uma apresentação artística e tudo será feito de forma teatral. Será bem diferente”, acrescenta Ivone.
 
PROVA
Atualmente, o Enem é a principal porta de entrada para a educação superior em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou para concorrer a financiamentos e bolsas estudantis em instituições privadas, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade para Todos (Prouni).  

Neste ano, o exame não pode mais ser utilizado para certificação do ensino médio.

 

Além de Belo Horizonte, as aulas também serão oferecidas em Contagem, na região metropolitana e em Passos, no Sul de Minas. De maneira interativa, as aulas serão ministradas por educadores da rede estadual de ensino. Os docentes participaram de várias reuniões para definir a escolha dos temas “Como falta pouco tempo para a aplicação da prova, não temos como passar novos conteúdos, mas sim auxiliar os estudantes dando dicas para a preparação. Será um aulão interdisciplinar”  

Ivone da Penha Garcia Silveira
Assessora pedagógica da superintendência de ensino