A Expomontes, uma das maiores feiras agropecuárias do país, prossegue até domingo. Ao todo, são dez dias de festa com atrações divididas em vários palcos.

No último dia 2, em um dos espaços mais badalados, o público cantou e dançou com os irmãos Kaio Marques e Nataly. Nascidos e criados em Montes Claros, no bairro São Judas, eles são filhos de João Marques, radialista e apresentador de um programa de TV local, e de dona Terezinha.
Quando crianças, o que rolava na vitrola era a música sertaneja, por influência do pai. Não podiam faltar canções do Trio Parada Dura, Teodoro e Sampaio, Gino & Geno, dentre outros. Em conversa com O NORTE, Kaio Marques falam um pouco da carreira com a irmã.
 
Além de cantar, vocês tocam algum instrumento? 
Eu toco violão, viola, guitarra, baixo e um pouquinho de bateria (risos). Desde pequeno sempre gostei muito e notei que tinha aptidão para a música. A Nataly começou um pouco mais tarde, adolescente, e sempre gostou mais do canto mesmo.
 
Como é o processo de inspiração e composição das músicas?
Temos algumas músicas que gravamos nos nossos primeiros CDs. “Fica Comigo”, “Bóra Bóra”, “Aprendi Ai”, “Parei de Beber” são algumas delas. Normalmente, as composições surgem de histórias de amigos ou que às vezes ouvimos falar de algo que aconteceu. Não tem muito segredo não, o tema vem na cabeça e acabamos retratando a história através da música.
 
Vocês estão fazendo quantos anos de carreira juntos? Como conciliam o trabalho com família e como lidam com a individualidade de cada um?
Neste ano, completamos oito anos de carreira e, graças a Deus, de muitas alegrias e carinho dos fãs por onde temos passado. Moramos com nossos pais e o fato de sermos irmãos fortalece mais na questão do trabalho, pois temos objetivos muito parecidos. Temos nossas desavenças às vezes, mas tudo se resolve (risos).
 
Quais as músicas preferidas de vocês?
São várias. Tem uma música da banda Rosa de Saron, “Rara Calma”, da qual nós dois gostamos muito. Do meio sertanejo é difícil falar uma só porque tem muita história linda. Mas tem uma que se chama “Saudade”, da dupla Cristian e Ralf que é linda demais.
 
Quais os projetos de vocês daqui para frente?
Recentemente lançamos nossa nova música de trabalho que se chama “Cê Tá Doido” e, graças a Deus, temos tido um bom resultado. Inclusive, na próxima semana, sairá o clipe. Para o segundo semestre a intenção é darmos um passo maior, gravando o primeiro DVD.
 
Como vocês lidam com as redes sociais?
As redes sociais vieram para nos aproximar anda mais do nosso público e isso é gostoso demais. Eles mandam fotos, comentam. Vamos aproveitar e convidar vocês para seguirem a gente no @kaiomarquesenataly, lá tem tudo sobre nosso trabalho.
 
Como é o relacionamento com as fãs?
O carinho deles não tem preço! Temos o prazer de ter fãs de todas as idades. Isso é sensacional! O carinho com o qual nos recebem em nossos shows, só temos a agradecer, afinal, o artista sem o fã não é nada.
 
Como foi o show na frontstage durante a Expomontes?
Incrível. Foi um repertório muito animado. Além de muita sofrência, sertanejo e a mistura de vários hits, com o nosso tempero e a nossa cara!