Assim que a noite cair será dada a largada para a 27ª Festa Nacional do Pequi, com eventos em diversos espaços, como a Praça da Matriz, o Centro Cultural Hermes de Paula e o Solar dos Sertões.

O público poderá acompanhar também as exposições “Sertão Gerais” (fotografia), de Manoel Freitas, e “A Viola Brasileira”, de Natanael Gonçalves. 

No palco da Praça da Matriz tem a apresentação da Orquestra Caipira e a Banda do 10º Batalhão da Polícia Militar. 

Amanhã, a partir da 10h, no mesmo local, tem show de Charles Boavista, homenageado da festa, do percussionista Cláudio Mineiro.

Show também com o percussionista montes-clarense Cláudio Mineiro. O artista cursou musicalização no Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernandes. Foi aluno do professor Geraldo Paulista e, aos 17 anos, mudou-se para a Europa, onde teve contato com músicos de diferentes etnias. É autor de composições como “Um dia no Hackeney e “África My África”. Mineiro convidou para o palco os músicos Marcelo Andrade (flauta) Augusto Gonzaga (percussão) e Pablo Barata (violoncelo). 

“Vamos mostrar toda nossa influência dos catopês, da África, Índia, instrumental e melodias mineiras”, adianta o artista.

UNIVERSAL 
Às 19h tem show com Tino Gomes, que anda feliz da vida com a repercussão do clipe “London MOC”, gravado recentemente no Corredor Cultural e em parceria com Paulão Oliveira.

“’London MOC”’ é uma música minha, antiga. Sempre gostei de nomes exóticos para minha regionalidade. Minhas músicas têm “Bagdá Pequi”, “London MOC”... Gosto de misturar coisas nossas regionais com as do mundo. Esse clipe me trouxe muita alegria, porque não só aqui, mas em Portugal, foi visto por muita gente. Na Espanha, no Reino Unido, na Holanda. Acompanhei pela minha fanpage e muita gente curtiu essa mistura da nossa linguagem com a linguagem do mundo”, observa o artista

“Fiz essa canção com Paulão de Oliveira, meu amigo, montes-clarense, publicitário, muito competente, sobrinho do Dr. Hermes. Paulão é primo de Virginia de Paula, que adora Londres, Beatles. Convidei muita gente para participar do clipe, quem quisesse. Na hora passou um senhor almoçando eu disse ‘senta aí, que vamos gravar!’(risos)”, relembra. 

“Foi saindo gente de dentro das casas, filhos, pais. Foi perfeito! Sou muito agradecido ao pessoal da Paradiso que me presenteou com o vídeo. Um vídeo despretensioso, mas tão verdadeiro, uma música tão genuína, que deu esse resultado. Todo mundo gostando e eu fico feliz demais”, disse Tino que se apresenta na Praça da Matriz. 

“...cada vez que venho a cidade, trago um trabalho diferente, que tem a minha cara. Tudo me remete a Montes Claros, falo dessa cidade todo dia. Convido a todos para cantar o “Desentoado”, “o London MOC”, o “Montesclareou” e tantas outras que eu sei que vocês vão cantar comigo (Tino Gomes)